Biden assina decretos para reverter políticas imigratórias de Trump

Só matérias boas 03/02/2021 Relatar Quero comentar

Entre as medidas, está a criação de uma força-tarefa para reunir  ao serem detidas na fronteira dos EUA com o . O tema gerou comoção pública desde 2018, quando relatos de violência com os menores imigrantes na região fronteiriça correram o mundo.

Não ficou definido, no entanto, se os pais deportados terão direito a voltar ao território americano para buscar seus filhos. Segundo o site da emissora NBC News, a força-tarefa só incluirá famílias que ainda estejam separadas.

A maior parte dos decretos apenas indicam temas que devem ser revistos. Leis sobre a questão imigratória nos EUA costumam depender da aprovação do Congresso.  — entre os senadores, há um empate entre governo e oposição, e o voto de minerva fica com a vice-presidente, .

Assim, as outras mudanças estão na decisão do governo em rever medidas definidas tanto no governo Trump quanto no mandato de  (2009-2017), de quem Biden foi vice-presidente. Uma das medidas a serem revertidas é a que estabelecia que requerentes de refúgio aos EUA pela fronteira .

Biden também assinou decreto que estabelece que o governo deverá reavaliar as diretrizes do governo Trump para determinar se essas ações estão ou não em linha com a defesa de integração das pessoas imigrantes.

Comentário do usuário