Coronavírus: angústia provoca consumo exagerado de bebidas alcoólicas em casa

Celebridades 22/04/2020 03:17 Relatar

A pandemia do novo coronavírus e a consequente recomendação de isolamento social tem feito com que muitas pessoas abusem do consumo de bebidas álcoolicas. Embora bares e restaurantes estejam fechados, os serviços de e-commerces e deliveries registraram aumento de até 50% da demanda, segundo aplicativos de entrega. A falta "do que fazer" para se distrair dentro de casa e as próprias angústias provocadas pelo isolamento podem potencializar o consumo.

"Nesse momento de quarentena, a bebida entra como uma forma de anestesia. Ela está, aparentemente, amenizando o medo, a ansiedade, a angústia e não resolve o problema", destaca a psicóloga, Camila Lobato. "As nossas dificuldades de lidar com as emoções, independentemente de quarentena, já tenta colocar algo no lugar, que são as compulsões. Pode ser o comprar, o comer, o beber. Isso já existia antes da quarentena, e isso ficou ainda maior", completa.

Na última semana, a Organização Mundial de Saúde (OMS) pediu que os governos adotem medidas para limitar o consumo de bebidas alcoólicas durante a pandemia. O uso contínuo durante a quarentena compromete a imunidade e pode piorar o quadro geral de saúde, aumentar os comportamentos de risco, criar problemas de saúde mental e contribuir com o aumento da violência doméstica.

A organização também alertou sobre informações falsas de que o álcool pode matar o vírus, o que não é verdade. Segundo a OMS, três milhões de pessoas morrem por ano em todo o mundo por consumo excessivo da bebida.

Nesse período de isolamento, as pessoas devem se perguntar qual o motivo para o exagero do consumo. "No primeiro momento, a bebida traz um prazer, como qualquer outra droga, lícita ou ilícita. A pessoa tem que encontrar outras coisas mais saudáveis para fazer e que traz a mesma sensação de prazer", ressalta a psicóloga.

De acordo com uma pesquisa encomendada pela Associação Brasileira de Bebidas (Abrape) no fim de 2019, 61% do consumo de bebidas alcoólicas acontecia em locais de convívio social, como bares, baladas e restaurantes

Parte do conteúdo do artigo é proveniente da Internet. Se seus direitos de privacidade forem violados, o site será processado o mais rápido possível. Relatar

©2020 didiadidia.com. All Rights Reserved. Sobre nós Política e segurança Termos Privacidade Direitos autorais

Isenção de responsabilidade:Este site opera enviando artigos em tempo real e não assume nenhuma responsabilidade legal pela autenticidade, integridade e posição de todos os artigos. O conteúdo de todos os artigos representa apenas as opiniões pessoais do autor e não é a posição deste Site. Os usuários devem julgar a autenticidade do conteúdo. O autor possui os direitos autorais do artigo publicado neste site. Como este site é restrito pelo modo de operação "publicação em tempo real", não podemos monitorar completamente todos os artigos. Se os leitores encontrarem problemas, entre em contato conosco. Este site tem o direito de excluir qualquer conteúdo e recusar qualquer pessoa a publicar artigos neste site e também o direito de não excluir o artigo.Não escreva palavrões, calúnia, violência pornográfica ou ataques pessoais, seja disciplinado. Este site reserva todos os direitos legais.
TOP
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.