Bolsonaro lidera corrida presidencial em todos os cenários para 2022, aponta pesquisa

Dudu Mendes 07/05/2021 Relatar Quero comentar

Apesar de  (sem partido) liderar a corrida presidencial para 2022 em todos os cenários em que é citado,  (PT) começa a ameaçar o favoritismo do atual presidente, segundo o levantamento divulgado pelo  na manhã desta sexta-feira, 7. Bolsonaro lidera os quatro cenários de primeiro turno, com percentuais que variam de 32,7% a 34,5%.

Em seguida, Lula aparece com índices que vão de 29,3% a 30,2%. Entre os outros nomes apresentados, estão o do  (PDT), do apresentador  , do ex-ministro , do governador de São Paulo,  (PSDB), de  (Novo), do ex-ministro da Saúde , do senador  (CE-PSDB), do presidente do Senado,  (DEM) e do governador do Rio Grande do Sul,  (PSDB). Além de Lula e Bolsonaro, nenhum outro possível candidato obteve mais que 8% das intenções de voto.

Na primeira projeção para o segundo turno, Bolsonaro e Lula se enfrentam. O atual presidente tem 42,5%, enquanto o petista aparece com 39,8%. A diferença entre os dois opositores tem diminuído desde julho de 2020, quando Bolsonaro registrava 45,6% e Lula, 36,4%. Em dezembro de 2020, o chefe do Executivo computava 47,0% contra 33,4% do ex-presidente. Em janeiro de 2021, Bolsonaro caiu para 42,4% e Lula subiu para 35,7%.

Na disputa entre Lula e Ciro Gomes, ex-presidente (38,6%) aparece com 10 pontos na frente do do pedetista (28,1%). No terceiro cenário de segundo turno, Bolsonaro registra 43,4% e Ciro, 35,3%. Na penúltima projeção, Lula e Doria protagonizam a maior diferença entre os candidatos: o petista fica com 41,5% e o governador de São Paulo, com 23,9%. Na disputa entre os atuais adversários políticos, Bolsonaro obtém 42,6%, enquanto Doria fica com 31,3%. Na comparação com levantamentos anteriores, Doria tem ganho apoio e Bolsonaro tem visto sua influência diminuir.

Mesmo assim, a discrepância entre os candidatos continua grande. O Instituto Paraná Pesquisas ouviu 2010 eleitores com 16 anos ou mais. As consultas foram feitas por telefone, entre os dias 30 de abril a 04 de maio de 2021, em 26 Estados e Distrito Federal e em 198 municípios brasileiros. O grau de confiança é de 95%, com margem de erro estimada em e 2% para os resultados gerais.

Comentário do usuário