“Tornado de vermes” assusta Nova Jersey; cientistas buscam explicações

Souzajr 01/04/2021 Relatar Quero comentar

Um “tornado de vermes” foi flagrado por uma moradora de Hoboken, em Nova Jersey, nos Estados Unidos, e enviado para Tiffanie Fisher, membro da Câmara Municipal de Hoboken, que compartilhou a foto na  no  e escreveu: “Claramente, minhocas saem depois da chuva, mas isso é algo que eu nunca vi!”.

“Esta forma de tornado é realmente interessante”, afirmou Kyungsoo Yoo, professor do Departamento de Solo, Água e Clima da Universidade de Minnesota. Ele estuda como as minhocas invasivas transformam os ecossistemas florestais e, embora sejam conhecidas por emergir em massa do solo após a chuva, Yoo nunca as tinha visto formar uma espiral antes.

De acordo com “Worm Blobs”, uma história em quadrinhos criada pelo Laboratório Bhamla da Escola de Engenharia Química e Biomolecular do Instituto de Tecnologia da Geórgia e ilustrado pelo artista Lindsey Leigh, vermes aquáticos como o Lumbriculus variegatus podem formar um enorme nó vivo conhecido como bolha de até 50 mil unidades quando ameaçados por condições de seca. “Uma bolha compacta de vermes tem menos probabilidade de secar do que um verme sozinho, e os vermes puxam e empurram para mover a bolha”, escreveram os pesquisadores do Laboratório Bhamla na história em quadrinhos.

O líder do laboratório, Saad Bhamla, professor assistente da Georgia Tech, sugere que mudanças repentinas na água do solo em combinação com o formato da paisagem poderiam explicar o aparecimento do “tornado de vermes”. Ele, no entanto, não sabe dizer quais são as espécies de vermes pelas fotos.

Comentário do usuário