Em delação, Cabral diz que comprou silêncio da Globo por R$ 80 milhões

Globo News 08/04/2020 21:21 Relatar

Segundo matéria publicada pelo  jornalista Augusto Nunes, no portal R7, na última sexta-feira (3), o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, que acumula mais de 100 anos de prisão por crimes cometidos durante sua gestão no Palácio Guanabara, fechou acordo de delação premiada com a Polícia Federal e está tirando o sono de “muitos poderosos”.

De acordo com a publicação, o governador teria feito conchavos com empresarios, e teria citado a família Marinho, que são os donos da mais importante emissora de televisão do país a Rede Globo de televisão.

“Segundo o ex-governador, o silêncio da Rede Globo custou pelo menos R$ 80 milhões, valor do acerto sem licitação que contemplou a Fundação Roberto Marinho com a gerência de estudos, projetos e desenvolvimento de conteúdo para a implantação de um vistoso  equipamento cultural na cidade do Rio. 

Ainda de acordo com Cabral, uma licitação fraudulenta permitiu à fundação indicar a construtora responsável pela obra.

Isso garantiu a proximidade do governante delinquente com a família Marinho, informam os depoimentos à Polícia Federal”, afirmou Augusto Nunes.

Essa deleção teria ocorrido no final do ano passado, onde o ex-governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral, hoje preso, fechou um acordo de delação premiada com a Polícia Federal (PF).

Parte do conteúdo do artigo é proveniente da Internet. Se seus direitos de privacidade forem violados, o site será processado o mais rápido possível. Relatar
Artigos recomendados

©2020 didiadidia.com. All Rights Reserved. Sobre nós Política e segurança Termos Privacidade Direitos autorais

Isenção de responsabilidade:Este site opera enviando artigos em tempo real e não assume nenhuma responsabilidade legal pela autenticidade, integridade e posição de todos os artigos. O conteúdo de todos os artigos representa apenas as opiniões pessoais do autor e não é a posição deste Site. Os usuários devem julgar a autenticidade do conteúdo. O autor possui os direitos autorais do artigo publicado neste site. Como este site é restrito pelo modo de operação "publicação em tempo real", não podemos monitorar completamente todos os artigos. Se os leitores encontrarem problemas, entre em contato conosco. Este site tem o direito de excluir qualquer conteúdo e recusar qualquer pessoa a publicar artigos neste site e também o direito de não excluir o artigo.Não escreva palavrões, calúnia, violência pornográfica ou ataques pessoais, seja disciplinado. Este site reserva todos os direitos legais.
TOP
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.