Jovem de 29 anos faz alerta sobre exame após ficar infértil e descobrir que ‘dor de barriga’ era câncer

Só matérias boas 13/07/2021 Relatar Quero comentar

Uma simples dor de barriga por causa de gases foi o que pensou a jovem de 29 anos Leanne Shields ao se deparar com os sintomas de uma séria doença. A preocupação somente iniciou quando apresentou um sangramento no meio do ciclo menstrual. Ao procurar ajuda médica os profissionais disseram se tratar de um efeito colateral da troca da pílula anticoncepcional.

No entanto, após o sangramento perdurar por sete meses, os médicos decidiram fazer um exame Papanicolau. Foi quando veio o diagnóstico de um câncer cervical que já tinha sete centímetros no colo do útero. Leanne acredita que se talvez tivesse realizado o exame antes, o tumor teria sido descoberto mais cedo.

Após alguns meses de tratamento, incluindo sessões de quimioterapia, ela entrou em menopausa precoce. Isso quer dizer que ela não vai poder ter filhos por conta própria. Ainda no aguarda para saber se o tratamento reduziu o tumor, a jovem se diz arrependida de não ter feito o exame de Papanicolau antes e resolveu fazer um alerta para outras mulheres.

“Pense no que você quer que sua vida seja. Se você quer ser mãe, faça o Papanicolau ou pode acabar como eu e não poder ter filhos. Tenho 29 anos e agora estou na menopausa. Eu queria meus próprios filhos, mas agora não posso. Meus ovários estão acabados”, frisou a jovem. Leanne relatou que começou a se sentir mal no início do mês de março do ano passado. Ela disse que não tinha nenhum sintoma, somente uma dor de barriga e como as dores ocorriam de forma esporádica acabou não dando importância e jamais ligou com a possibilidade de ser um câncer.

Com a rotina normal, trabalhava normalmente até que passou muito mal. Quando procurou ajuda profissional pensava que fosse mudança de pílula, porém era muito mais sério. De acordo com a jovem, ela sangrou todos os dias até o mês de outubro. Após receber o diagnóstico de câncer cervical estágio 2, o medo era da doença ter se espalhado. Agora, ela aguarda o mês de abril para saber se o tratamento deu resultado. Ela deixa o alerta, pois acredita que se tivesse feito o Papanicolau antes, talvez não tivesse passado por tudo isso.

Comentário do usuário