Homem mata ex, posta traição dela no Facebook e se mata em Uberlândia

News notícias 28/09/2020 00:26 Relatar

A dificuldade em aceitar o fim de um casamento levou Francisco Simão Lucas, de 35 anos, a matar a ex-mulher Elba Medeiros Silva, de 29, e suicidar em seguida. O crime aconteceu na madrugada desta sexta-feira (11), em Uberlândia, na região do Triângulo Mineiro. Após assassinar a vítima, o homem ainda confessou o crime pelo Facebook, deu um “print” de uma suposta traição e ainda ligou para um amigo.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, os corpos do ex-casal foram encontrados após um amigo de Lucas entrar em contato com os policiais. O homem contou que, por volta de 01h15, o criminoso fez uma ligação para o seu celular dizendo que havia matado a ex e iria se matar. Militares deslocaram até o imóvel da dona de casa, localizado na avenida Aspirante Mega, no bairro Jardim Patrícia, e encontraram o portão trancado.

A equipe pulou o muro e em um dos quartos encontrou Elba com marcas de enforcamento deitada em um colchão que estava no chão. Ao lado estava Lucas, com um fio de TV a cabo enrolado no pescoço. Ainda conforme o solicitante da viatura, após o fim do relacionamento amoroso, Lucas enfrentava um quadro grave de depressão e há um mês estava ameaçando a jovem. A revolta teria aumentado após o homem descobrir a traição.

Após os trabalhos da perícia, os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) do município. A reportagem de  O TEMPO fez contato com a família de Elba, mas, muito abalada, preferiu não entrar em detalhes do caso.

“Estamos passando por um momento muito difícil e não conseguimos falar. Ninguém esperava que o fim da relação seria esse”, se limitou a dizer uma cunhada de Elba, que pediu anonimato. O ex-casal não tinha filhos e a cunhada não informou por quanto tempo eles ficaram juntos.

Matou e postou motivo no Facebook

Minutos antes de tirar a própria vida, Lucas assumiu em seu perfil que tinha matado a companheira. Não satisfeito, ainda postou o motivo. No post, o bandido colocou as conversas de Elba com outro homem e as fotos dele, que seria o novo namorado da vítima.

Horas antes do assassinato, ele já havia postado várias fotos dos prints das conversas de Elba com o atual companheiro. Em um dos diálogos, ela escreveu: “Meu marido descobriu tudo. Você não vai falar nada. Ele vai publicar tudo no Facebook. Ele tá muito bravo comigo e com você. Ele disse que vai pegar nós dois

Uma mensagem da jovem para uma amiga também foi postada. Nela, a mulher afirma que trairia o marido no dia do aniversário dela. Porém, o criminoso havia descoberto tudo antes.

A assessoria de imprensa da Polícia Civil informou que o criminoso não tinha antecedentes criminais. Mesmo com as ameças, Elba não tinha solicitado nenhuma medida protetiva contra o ex-marido".

Parte do conteúdo do artigo é proveniente da Internet. Se seus direitos de privacidade forem violados, o site será processado o mais rápido possível. Relatar
Artigos recomendados

©2020 didiadidia.com. All Rights Reserved. Sobre nós Política e segurança Termos Privacidade Direitos autorais

Isenção de responsabilidade:Este site opera enviando artigos em tempo real e não assume nenhuma responsabilidade legal pela autenticidade, integridade e posição de todos os artigos. O conteúdo de todos os artigos representa apenas as opiniões pessoais do autor e não é a posição deste Site. Os usuários devem julgar a autenticidade do conteúdo. O autor possui os direitos autorais do artigo publicado neste site. Como este site é restrito pelo modo de operação "publicação em tempo real", não podemos monitorar completamente todos os artigos. Se os leitores encontrarem problemas, entre em contato conosco. Este site tem o direito de excluir qualquer conteúdo e recusar qualquer pessoa a publicar artigos neste site e também o direito de não excluir o artigo.Não escreva palavrões, calúnia, violência pornográfica ou ataques pessoais, seja disciplinado. Este site reserva todos os direitos legais.
TOP
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.