Mandetta 'libera' médicos para prescrever cloroquina a pacientes com coronavírus

Só matérias boas 08/04/2020 Relatar Quero comentar

Henrique Mandetta Ministro da Saúde espera resultados dos testes clínicos, para autorizar o uso de medicamentos no auxílio de pacientes do coronavírus. Detalhou o uso da Cloroquina e hidroxicloroquina.

Na tarde de terça-feira dia 7, em uma coletiva de imprensa, o Ministro da Saúde, falou sobre estudo feitos com os medicamentos que possivelmente poderá auxiliar o combate do vírus no Brasil. Mandetta também revelou que está à espera de resultados de alguns trabalhos que poderá ser visualizado a parti do dia 20 de abril.

Como o tema está em alta, devido a pandemia, o ministro revela que o tema se encontra ‘aquecido’, podendo resultar em muita cobrança, porém, precisa dos resultados clínicos para poder oficializar a recomendação.

Brasil conta com quase 700 óbitos e quase 14.000 pessoas contaminadas. O Ministro garante total apoio da China para ajudar ao combate do vírus no Brasil.

Ainda não é garantido a prescrição dos medicamentos (Cloroquina e hidroxicloroquina) para pacientes cuja seu estado seja leves. Porém, se o médico interpretar que possa ser válida a receita, estaria se responsabilizando pela decisão.

Neste atual presente, estamos disponibilizando os medicamentos apenas aqueles pacientes com gravidade media ou avançada. Falou o Ministro da Saúde.

Pedimos a população um pouco mais de tempo, para saber se os medicamentos, terá resultado positivou ou se terá algum efeito colateral. Gostar de A, B ou C não é uma opção. E preciso analisar com mais de luz. Completou Mandetta.

Comentário do usuário