Thelma Assis fala sobre assassinato de João Alberto no Carrefour e faz triste desabafo

Notícia do dia** 21/11/2020 Relatar Quero comentar

Um crime cometido nesta sexta-feira (19) teve uma enorme repercussão, gerando a revolta de muitos brasileiros pelo país.  João Alberto Silveira Freitas , um homem negro de 40 anos de idade, foi fazer compras em um mercado Carrefour de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, mas não esperava que iria ser  assassinado .

Dois  seguranças , de cor branca, espancaram a vítima até que ela viesse a óbito.  Thelma Assis , campeã da vigésima edição do Big Brother Brasil, foi convidada a participar do  É de Casa , na manhã deste sábado (21). A médica, que também é de cor negra, agradeceu o convite e aproveitou a oportunidade para tecer seu desabafo sobre o terrível assassinato de João Alberto.

“Eu estou muito feliz de estar aqui, mas, ao mesmo tempo, triste por vem mais um cidadão negro assassinado. E bem na véspera do Dia da Consciência Negra! A gente não aguenta mais esse tipo de notícia, né, Manoel?”, perguntou sister para o comunicador Manoel Soares.

O apresentador do programa disse que chegou a conversar com o pai da vítima, e descreveu o diálogo como intenso. Segundo Manoel, o pai de João Alberto não entende o que aconteceu e o que teria gerado tanta violência e brutalidade da parte dos seguranças. Ainda disse que precisou acalmar sua mãe que, ao ver a reportagem do crime, caiu aos prantos.

Os dois seguranças que cometeram o crime foram presos em flagrante e responderão por homicídio triplamente qualificado. A barbárie causou uma repulsa muito grande pelo país, fazendo com que vários manifestantes se dirigissem à mercados da rede Carrefour em forma de protesto. Houve quebra-quebra nos hipermercados de algumas cidades.

Comentário do usuário
Você pode gostar
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.