‘Vou parar de lutar este ano’, anuncia Fabrício Werdum

Felipe257 09/04/2021 Relatar Quero comentar

Fabrício Werdum, duas vezes campeão mundial de jiu-jítsu, duas vezes campeão do ADCC – famoso evento de grappling (luta corpo a corpo ou luta agarrada) -, e campeão do UFC, na categoria dos pesos pesados, participou da live de IstoÉ, na terça-feira (23).

O lutador gaúcho falou sobre a carreira, negócios e disse que está de casa nova no MMA. Depois de deixar o UFC, o ex-campeão dos pesos pesados é contratado da Professional Fighters League (PFL).

“Fizeram injustiça comigo. Fiquei dois anos sem lutar. Mas sai do UFC pela porta da frente, diz.

O peso-pesado brasileiro, conhecido como “Vai Cavalo”, apelido que carrega desde a infância por conta do futebol, fala que na PFL terá competições em formato diferente do UFC, com torneio em temporada regular e playoffs. Os atletas se enfrentam em busca de pontuações, que variam da forma como ocorre cada vitória, em duas participações por temporada. Os oito melhores se qualificam para um ‘mata-mata’, sendo que o campeão, além do cinturão, ganha o prêmio de US$ 1 milhão.

Werdum diz que é um sonho lutar nesse modelo de competição. “É muito difícil de parar do que tu gosta”, afirma.

A possibilidade de ser campeão da PFL aos 44 anos fez o lutador se exilar nos EUA para treinar intensivamente para o combate, marcado para o próximo dia 6 de maio, contra Renan ‘Problema”, em Atlantic City, onde acontecerá a bolha da competição.

“Nunca prestei atenção no Renan, mas fiquei sabendo que é um cara muito completo”, disse.

Com um cartel de 24 vitórias, nove derrotas e um empate, Werdum na sua última aparição no octógono, em julho de 2020, finalizou Alexander Gustafsson, no primeiro round.

“Estou treinando muito. O mental e o corpo devem estar alinhados para se tornar um campeão. Falta pouco para eu chegar ao equilíbrio”, avalia.

“Vou parar de lutar este ano, depois do torneio Professional Fighters League ”, anuncia.

Quando o assunto é a questão política no Brasil, o gaúcho falou sobre a pandemia do coronavírus e revelou  investimentos em negócios fora octógono como em moda esportiva e uma butique de carnes especiais, que ele abrirá em Florianópolis, em Santa Catarina, além do canal do Youtube ‘Werdum não para’. A ideia de Fabrício Werdum no “churrasco e papo furado” é ganhar dinheiro trocando ideias com amigos assando uma carne.

“Meu sonho [quando parar] nunca foi montar uma academia”, finaliza.

Comentário do usuário