Bruno covas tem piora, quadro é irreversível e família é chamada às pressas ao hospital

Humberto 14/05/2021 Relatar Quero comentar

Então uma informação muito triste foi trazida sobre o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, o prefeito vem enfrentando o câncer a muitos anos, uma dura batalha, contudo infelizmente hoje a tarde um boletim médico divulgado pelo hospital informou que Bruno Covas teve uma piora significativa em seu quadro, e que agora é considerado gravíssimo.

As informações são do G1 o maior portal do país da rede Globo, nele as informações trazidas na atualização do estado de saúde do prefeito, dizem que seu quadro é considerado gravíssimo e irreversível, uma notícia triste, um homem muito novo ainda, e que vinha lutando arduamente para se recuperar, ele inclusive desempenhou funções do seu mandato quando prefeito que não eram necessárias, pois o melhor a fazer era o repouso.

“O Prefeito Bruno Covas segue internado no Hospital Sírio-Libanês recebendo medicamentos analgésicos e sedativos. O quadro clínico é considerado irreversível pela equipe médica. Neste momento, encontra-se no quarto acompanhado de seus familiares”, era oque dizia o boletim médico atualizado sobre o estado de saúde de Bruno Covas.

Contudo no último dia 2 de maio o prefeito precisou ser afastado de suas funções e ser internado as pressas no hospital Sírio Libanês, para tratar o câncer diagnosticado no sistema digestivo com metástase nos ossos e no fígado, infelizmente o câncer enfrentado por Bruno Covas é considerado um dos mais graves, e agora já é anunciado como irreversível para os familiares, uma tristeza imensa que toma a família do prefeito que vinham acompanhando sua luta diariamente.

Entretanto na última segunda feira os familiares e amigos do prefeito haviam ficado muito esperançosos, pois ele iniciou um novo tratamento de combinação de imunoterapia e terapia-alvo, uma possível solução aplicada pelos médicos, que a todo o momento fizeram de tudo para salvar o atual prefeito de São Paulo, mas com muita tristeza tem que se agir com coerência e saber informar quando um caso não é reversível, é duro mas tem que ser enfrentado.

No último dia das mães, Bruno Covas homenageou sua mãe e a mãe de seu filho Thomás de 15 anos, ele disse que tinha fé e que logo estaria ao lado deles aproveitando e amando sua família, mas infelizmente parece que ele não conseguirá sair dessa, desejamos força aos familiares ao governo brasileiro que perderá uma figura muito importante, e a toda população de São Paulo.

Comentário do usuário
Você pode gostar