Bolsa Família cancelado pode voltar? Saiba agora mesmo

Claudione 08/05/2021 Relatar Quero comentar

O Bolsa Família cancelado pode voltar?

Sim. O regulamento do Bolsa Família estabelece que o participante que tenha o benefício cancelado terá a oportunidade de regularizar as pendências e voltar a receber as parcelas, inclusive as atrasadas, se for o caso.

Isso acontece porque na primeira pendência, o beneficiário é notificado e tem até seis meses para atualizar o cadastro ou apresentar a documentação que está em falta, de acordo com cada situação.

Desse modo, o participante deve comparecer ao Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) ou setor municipal responsável pelo Bolsa Família.

No entanto, caso o usuário do programa não compareça á unidade para regularizar o benefício no prazo estabelecido na correspondência (o beneficiário recebe uma carta em sua residência informando que o benefício está cancelado e quais são as pendências) terá o benefício bloqueado.

Ao ter o Bolsa Família bloqueado, o beneficiário perde o acesso ao programa; ou seja, não participará mais do projeto e não receberá as parcelas.

Portanto, enquanto o cancelamento pode ser revertido, o bloqueio do Bolsa Família não. O interessado deverá solicitar novamente a participação, mas irá para o final da fila.

Causas para o cancelamento do benefício

Entre as principais causas que levam ao cancelamento do benefício, não atualizar os dados cadastrais é a mais comum.

Além disso, ter aumento na renda e não cumprir as condicionalidades resultam no benefício cancelado.

Normalmente a atualização cadastral é obrigatória a cada dois anos. Contudo, durante a pandemia pela Covid-19, mesmo se for necessário atualizar o cadastro, o beneficiário não terá o benefício cancelado e/ou bloqueado.

Comentário do usuário