Pastor que agrediu a mulher em uma live foi afastado pela igreja "Deus é Amor"

Noticias Urgentes 16/10/2020 17:20 Relatar

A diretoria da igreja Deus é Amor decidiu afastar o pastor  Edson Araújo de suas funções após ele agredir verbalmente sua mulher, identificada apenas como  Débora, durante uma transmissão ao vivo no último fim de semana. Sem saber que já estava em live, ele chamou a esposa de "imbecil" e esbravejou sobre a posição do equipamento utilizado para a transmissão. Em vídeo que viralizou nas redes sociais é possível ouvir ainda o barulho de um tapa em algo.

"A Igreja Petencostal Deus é Amor vem pelo presente comunicado reforçar o seu absoluto repúdio à violência doméstica e contra as mulheres. Qualquer tipo de violência, principalmente no âmbito doméstico, é totalmente contrário aos principios critsãos e aos ensinamentos apregoados na Bíblia Sagrada, nossa base de fé. Devemos nos lembrar que a violência doméstica não é apenas pecado, é também um crime. Como cristãos devemos combater atitudes como essa de forma muito enérgica", diz em vídeo o pastor  Roberto Marena em nome da diretoria da igreja. "Atualizando a todos sobre o ocorrido: o Pastor foi afastado da nossa instituição e todas as medidas cabíveis foram tomadas. A esposa do Pastor está recebendo todo suporte necessário neste momento", diz o comunicado.

O pastor  David Miranda Neto, líder da igreja, também se pronunciou em vídeo nas redes sociais. "Se necessário for as autoridades também serão envolvidas no caso. Nós não seremos coniventes com nenhum tipo de erro, agressão, nada disso. Somos completamente contrários quanto a isso. A igreja Deus é Amor está fazendo tudo que é necessário fazer no seu âmbito disciplinar interno, essa pessoa já foi retirada do seu cargo e as apurações estão sendo feitas. Se necessário for, a justiça será envolvida", disse. "Não somos coniventes e não apoiamos nenhum tipo de agressão seja física, seja verbal, especialmente no âmbito doméstico onde muitas vezes a mulher passa por sujeições que ela não deveria passar".

Entenda o caso:

Um vídeo com o trecho de uma transmissão ao vivo do pastor Edson Araújo viralizou e causou revolta nas redes sociais. Sem saber que já estava ao vivo, ele se levanta, dá um tapa em algo e xinga a mulher, Débora, que o está auxiliando. "Que saco, merda. Arruma as coisas direito, imbecil. Arruma o negócio direito", esbraveja ele. Em seguida o pastor volta a sentar e inicia a live. “Aceitem a paz do senhor", diz.

Com a repercussão, ele gravou um vídeo se desculpando. "Nós estávamos em cima do horário de fazer o culto, e nós não tínhamos uma posição correta do equipamento, então eu simplesmente me levantei e fui tentar arrumar, e ai acabou derrubando outro aparelho de celular que faz a transmissão de hinos", explicou. "Então, acabou destruindo aquele aparelho e caiu no chão. Eu fui ali de uma forma imprudente, de um forma incorreta que não poderia agir daquela conduta e da forma que eu agi, eu direcionei uma palavra, nunca tivemos nenhum tipo de problema. Quatro anos que nós convivemos, estamos juntos e abraçando a obra do Senhor e por um momento, verdadeiramente pela minha falha, eu assumo publicamente o meu errro e ter direcionado uma palavra incorreta e imprudente. E uma atitude que não é cabível a minha pessoa e a minha índole", continuou. "Eu quero aqui, de antemão, primeiro a Deus, eu quero pedir o meu perdão publicamente e perdão a minha esposa Débora, pela minha atitude, erro e falha. Quero pedir perdão para o meu pastor, Elias e a minha família e a dela e a todos os pastores que confiaram e permaneceram confiantes no meu trabalho".

Parte do conteúdo do artigo é proveniente da Internet. Se seus direitos de privacidade forem violados, o site será processado o mais rápido possível. Relatar
Artigos recomendados

©2020 didiadidia.com. All Rights Reserved. Sobre nós Política e segurança Termos Privacidade Direitos autorais

Isenção de responsabilidade:Este site opera enviando artigos em tempo real e não assume nenhuma responsabilidade legal pela autenticidade, integridade e posição de todos os artigos. O conteúdo de todos os artigos representa apenas as opiniões pessoais do autor e não é a posição deste Site. Os usuários devem julgar a autenticidade do conteúdo. O autor possui os direitos autorais do artigo publicado neste site. Como este site é restrito pelo modo de operação "publicação em tempo real", não podemos monitorar completamente todos os artigos. Se os leitores encontrarem problemas, entre em contato conosco. Este site tem o direito de excluir qualquer conteúdo e recusar qualquer pessoa a publicar artigos neste site e também o direito de não excluir o artigo.Não escreva palavrões, calúnia, violência pornográfica ou ataques pessoais, seja disciplinado. Este site reserva todos os direitos legais.
TOP
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.