Atriz do “Zorra Total” morre vítima de Covid-19 enquanto esperava por um leito de CTI em hospital

NOTICIAS DO DIA 19/12/2020 Relatar Quero comentar

A artista tinha 57 anos. Na segunda-feira, ela foi a uma UPA com sintomas de gripe e fez o teste Covid-19 (o teste ainda não está pronto, segundo a Secretaria de Saúde). A atriz participou das novelas "Segundo Sol", "Além do Horizonte" e "Malhação", além do programa humorístico "Zorra Total". 

A atriz Christina Rodrigues, 57, morreu na manhã desta quinta-feira (17) na Unidade de Primeiros Socorros (UPA) da Tijuca, na Zona Norte do Rio. 

Ela chegou à UPA no meio da tarde desta segunda-feira (14), com sintomas de gripe e dificuldades respiratórias, segundo nota divulgada pela Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro. Referia também comorbidades (diabetes, hipertensão e asma). 

No site, ele fez um teste para detectar o Covid-19, mas o resultado ainda não está pronto, de acordo com o arquivo (ver nota completa no final do relatório). 

A secretaria informa ainda que foi solicitada a transferência para a terapia intensiva na manhã desta quarta-feira (16). 

Cristina já participou de novelas da TV Globo e de programas como "Malhação", "Beleza Pura", "Além do Horizonte", "Segundo Sol" e o humorístico "Zorra Total"Em troca de mensagens com uma amiga, Cristina relatou que, até a manhã desta terça-feira (15), estava sentada em uma bancada da UPA esperando por uma vaga no CTI. 

Ele também disse que não conseguia respirar sem oxigênio. 

O amigo Rafael Santos acompanhou a situação de Cristina enquanto ela lutava para ser hospitalizada. 

'Eu moro na Tijuca, ela morava em Vila Isabel. Temos um grupo onde ela postava coisas para amigos, então ficávamos assistindo o tempo todo”, disse. 

Em uma dessas mensagens, a atriz disse que "pedia um travesseiro à amiga" porque estava "num banco horrível por 17 horas". 

'Já foram realizados exames clínicos e swab para o Covid-19, mas o resultado do RT-PCR ainda não foi disponibilizado pela Fiocruz. 

A paciente recebeu suporte clínico e permaneceu em confinamento solitário na unidade, sendo sua transferência solicitada na Central de Regulação Estadual (CER) na madrugada desta terça-feira 15/12. 

O CER informa que nesta quarta-feira, 16 de dezembro, foi confirmada a necessidade de um leito de UTI e iniciada a busca ativa por um leito que atenda às necessidades clínicas do paciente. A unidade prestou atendimento aos familiares e se colocou à disposição para esclarecimentos. "

Comentário do usuário
Você pode gostar