Jovem em puerpério morre após ter relações com o

Diego 02/06/2021 Relatar Quero comentar

Um caso muito intrigante aconteceu em São Vicente, litoral de São Paulo. Uma jovem em puerpério morreu em sua residência após ter relações com o marido. A jovem de 18 anos teria passado mal em casa, e o marido acionou socorro, mas infelizmente, quando a ambulância chegou ao local, a jovem já estava morta

Jovem morre durante relação

A jovem de 18 anos morava com o marido, de 19. Segundo relatos do rapaz, na última quinta-feira, por volta das 13 horas, os dois tiveram conjunção carnal no quarto. Após o ato, o marido da jovem relatou que ele foi ao banheiro para tomar banho e convidou a esposa para se juntar a ele, mas quando os dois começaram outra relação, a moça suspirou e desmaiou. 

Segundo o rapaz, ele pediu socorro imediatamente ao sogro, pai de Vitória Castro. O homem chegou ao local e disse ter encontrado o genro abraçado de sua filha. Ele, então, chamou a polícia e a ambulância, mas o resgate não chegou a tempo de salvá-la. 

Morte súbita é a principal suspeita da polícia

De acordo com informações da polícia, Vitória foi encontrada já sem vida, mas não havia sinais de violência que pudessem explicar a morte repentina da jovem. O pai de Vitória informou para a polícia que sua filha havia acabado de se tornar mãe, ela ainda estava em puerpério e deixou um bebê de 2 meses. 

Segundo os médicos, apesar de não ser comum em pessoas com menos de 35 anos, uma morte súbita durante uma relação sexual é mais comum do que se imagina. O esforço físico leva a exaustão e consequentemente ao óbito. No caso de Vitória, a polícia irá investigar a causa da morte, para confirmar se realmente foi morte súbita.

Comentário do usuário