Cinco pessoas morrem em acidente envolvendo carro de passeio e viatura da polícia

N. Ferreira***** 26/12/2020 Relatar Quero comentar

Cinco pessoas com idades entre 47, 48, 49, 59 e 74 anos, do sexo feminino e masculino, morreram em um acidente registrado na manhã desta quinta-feira (24) no km 302, da MG-050, em Capitólio. O carro em que as vítimas estavam bateu em uma viatura da Policia Militar de Meio Ambiente (PMMA). Três policiais que ocupavam a viatura tiveram ferimentos leves e foram socorridos.

Segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMR) de Passos, no Sul de Minas, que atendeu o acidente, o carro das vítimas tinha placas de Barão de Cocais, na região Sudeste de Minas. O motorista era um militar que estava de folga. No carro também estavam a esposa, filha, o pai e a mãe do militar.

O veículo deslocava no sentido Capitólio a Passos quando na altura do km 302, o motorista perdeu o controle da direção em uma curva, rodou na pista, invadiu a contramão e bateu na viatura da Policia Militar de Meio Ambiente. Chovia no momento da batida.

Atendimento às vítimas

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e esteve no local para prestar socorro, mas nenhuma das vítimas resistiu aos ferimentos. As cinco vítimas morreram antes mesmo de serem encaminhados para o hospital.

Três militares, que não tiveram as idades informadas até a última atualização da reportagem, foram atendidos pelas equipes do Samu. Em seguida, foram levados para Santa Casa de Passos com ferimentos leves, de acordo com a PMR.

Pista molhada

A policia disse que chovia no momento da colisão. O carro chegou a rodar na pista várias vezes antes de bater na viatura, que seguia no sentindo oposto.

O veículo onde as vítimas estavam ficou destruído, segundo a PMR. As vítimas ficaram presas às ferragens e foi necessário apoio do Corpo de Bombeiros para desencarcerar os ocupantes.

Os cinco corpos foram liberados para o Instituto Médico Legal (IML) do Sul de Minas. A pista onde ocorreu o acidente chegou a ser interditada parcialmente por algumas horas, mas nesta tarde já havia sido liberada.

Comentário do usuário
Você pode gostar