Médico tenta dar voadora em homem durante confusão em hospital no CE

Amélia 14/10/2020 02:47 Relatar

Um médico foi filmado tentando agredir um dos acompanhantes de uma paciente dentro do Hospital e Maternidade Francisquinha Farias Leitão, em Monsenhor Tabosa, no sertão do Ceará. O episódio ocorreu na madrugada de hoje e está sendo investigado pela Polícia Civil, segundo informou a SSPDS (Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social).

Após a repercussão do caso, o médico plantonista, identificado como Neto Rosa, divulgou um vídeo em que pede desculpas às pessoas que se "sentiram lesadas". Ele diz que se exaltou porque teria sido insultado com palavras de "baixo calão".

Na gravação que registrou a tentativa de agressão, é possível ouvir uma mulher afirmando que, caso algo acontecesse com a paciente, Rosa seria responsabilizado. Em seguida, o médico corre em direção a um homem que o filmava e tenta acertá-lo com uma voadora.

Rosa, porém, escorrega antes de desferir o golpe. "Vai me bater, é?", chegou a questionar o rapaz, enquanto as demais pessoas apartavam a confusão.

Em seu pedido de desculpas, o médico não esclareceu o que teria motivado a insatisfação do grupo.

A Secretaria da Saúde de Monsenhor Tabosa informou apenas que a discussão começou após o atendimento na emergência da unidade de saúde. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados.

Boletim por difamação

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública do Ceará informou que uma das mulheres registrou um boletim de ocorrência contra o médico acusando-o de difamação. Na delegacia, ela alegou que Rosa a agrediu verbalmente durante o atendimento e a teria expulsado do hospital juntamente com seus acompanhantes.

Já a Secretaria Municipal de Saúde disse lamentar o episódio. Segundo a pasta, o caso será apurado por meio de um procedimento administrativo e, depois do resultado das investigações, adotará as "medidas necessárias".

Na versão de Rosa, ele agiu para contornar o que chamou de baderna dentro do hospital.

"Fui agredido com palavras de baixo calão. Como ser humano, a gente tem um momento em que você vai explodir. Quando você é insultado, há pessoas que agem de uma forma ou de outra. Infelizmente, a minha forma foi aquela, um pouco mais adrenérgica, mais forte", afirmou o médico no vídeo.

"Estou à disposição de Monsenhor Tabosa, e aqui ficam minhas desculpas em relação ao fato", acrescentou.

Parte do conteúdo do artigo é proveniente da Internet. Se seus direitos de privacidade forem violados, o site será processado o mais rápido possível. Relatar
Artigos recomendados

©2020 didiadidia.com. All Rights Reserved. Sobre nós Política e segurança Termos Privacidade Direitos autorais

Isenção de responsabilidade:Este site opera enviando artigos em tempo real e não assume nenhuma responsabilidade legal pela autenticidade, integridade e posição de todos os artigos. O conteúdo de todos os artigos representa apenas as opiniões pessoais do autor e não é a posição deste Site. Os usuários devem julgar a autenticidade do conteúdo. O autor possui os direitos autorais do artigo publicado neste site. Como este site é restrito pelo modo de operação "publicação em tempo real", não podemos monitorar completamente todos os artigos. Se os leitores encontrarem problemas, entre em contato conosco. Este site tem o direito de excluir qualquer conteúdo e recusar qualquer pessoa a publicar artigos neste site e também o direito de não excluir o artigo.Não escreva palavrões, calúnia, violência pornográfica ou ataques pessoais, seja disciplinado. Este site reserva todos os direitos legais.
TOP
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.