Caçador mata crocodilo e descobre mistério de cães desaparecidos há décadas

Carlosandre1055 13/04/2021 Relatar Quero comentar

Um misterioso desaparecimento de cães no estado norte-americano da Carolina do Sul foi solucionado quando um caçador local matou um crocodilo de 3,6 metros e o levou para ser empalhado. No processo de taxidermia, foram encontradas etiquetas de identificação dos animais, desaparecidos pela primeira vez há 24 anos, dentro do estômago de réptil.

Cinco etiquetas foram encontradas dentro do organismo do réptil, de acordo com a casa de taxidermia Cordray, localizada na cidade de Ravenel. Os funcionários do local também encontraram "cartuchos de balas, uma vela de ignição, cascos de tartaruga e garras de lince" nas entranhas do animal.

"Duas das etiquetas eram legíveis e um dos números de telefone ainda funcionava", escreveu a loja no Facebook. "O dono dos cães disse que ele caçava na mesma área há 24 anos, e esses eram os cães com quem ele caçava cervos."

O crocodilo de 205 kg vivia na área do rio Edisto e foi capturado por Ned McNelly "a pedido de um vizinho da área", conforme relatado pelo canal WCIV. "Não há dúvida de que ele comeu os cachorros", disse Claudia Cordray, sócia da casa de taxidermia. "[O crocodilo] Era um animal velho, entre 50 e 70 anos."

Os crocodilos da Carolina do Sul geralmente crescem até 3,9 m e vivem por mais de 60 anos, de acordo com o Departamento de Recursos Naturais do estado. A temporada de caça de crocodilos terminou em outubro, mas o réptil predador de cães pôde ser capturado porque estava em terras privadas.

Comentário do usuário