Mulher doa próprio óvulo e gera irmã com esperma do padrasto

AKFWE 27/12/2020 Relatar Quero comentar

Mulher doa próprio óvulo e gera irmã com esperma do padrasto

Após ver que sua mãe estava com dificuldades para engravidar, Hollie Summers decidiu ajudá-la e deu à luz a sua própria irmã. "Não temos nada do que nos envergonhar, cada ação foi realizada com amor e carinho"

Hollie Summers, do País de Gales, emocionou sua mãe quando se ofereceu para gerar sua irmã caçula. Em um relato emocionante ao Daily Mail, ela conta que sempre via a mãe chorando ao ver um carrinho de bebê. "Muitas vezes, eu a pegava olhando para minha filha, Arwen, agora com três anos, com um olhar de amor intenso e desesperado, que me tirava o fôlego".

Além de Hollie, 25, Faye também é mãe de Hannah, 27, e Harry, 22. Mesmo sendo mãe de três, ela queria tentar engravidar novamente. A filha explica que esse desejo começou quando Faye conheceu seu atual marido, Andrew, em 2006. Os dois ficaram noivos em um mês e se casaram um ano depois. O casal decidiu tentar uma gestação, porém foi um processo muito difícil. 

Com 43 anos, Faye teve um aborto espontâneo. Ela chegou a congelar seus óvulos e foi então que Hollie se ofereceu para usar os óvulos da mãe e ser a sua barriga solidária. A família foi até uma clínica e explicou a decisão. "Explicamos nosso plano, de um embrião ser criado a partir do espermatozóide de Andrew e do óvulo de minha mãe. Então, eu seria a portadora gestacional", diz Hollie. Logo depois, o médico foi examinar os óvulos congelados e descobriu que eles não eram viáveis. 

O casal começou a pensar na possibilidade de procurar uma barriga de aluguel, usando os óvulos de outra mulher e o esperma de Andrew. Foi então que Hollie se ofereceu tanto para doar os óvulos como para gerar o bebê. 

A ideia pareceu um pouco controversa no início, mas para Hollie tudo estava muito claro . "As pessoas poderiam perguntar se esse bebê seria minha irmã ou filha e a resposta seria sempre a mesma: qualquer bebê que eu ajudasse minha mãe a ter seria minha irmã, e nada mais. Estou tão convencida desse fato que queria contar nossa história completa aqui hoje, antes mesmo de contarmos a alguns membros de nossa própria família - para provar como o amor de uma mãe não precisa ser restringido pelos limites da biologia", diz Hollie. 

Há dois meses, após 41 horas de trabalho de parto, Hollie deu à luz sua irmã, Willow, e a entregou a Faye. "A adorável Willow pode ter nascido usando meus óvulos e o esperma de Andrew, mas ela tem apenas uma mãe. E certamente não sou eu".  Durante a gestante, Hollie já estava morando com a mãe e o padrasto. Agora, família está aproveitando a chegada de um novo membro em casa. 

Quanto à amamentação, Hollie continuou amamentando a irmã para que ela ganhe imunidade. Ela ainda diz que a família não pretende manter segredo sobre a concepção de Willow e mesmo sendo algo incomum, eles pretendem contar a menina como ela foi gerada. "Afinal, não temos nada do que nos envergonhar, cada ação foi realizada com amor e carinho".

Tribulus Terrestris - Amostra Grátis: http://bit.ly/38HO3Z0
Comentário do usuário
Você pode gostar