Tragédia: Batida causa grave acidente e mata 4 pessoas da mesma família, uma das vítimas é bebê de 3 meses "Não sobrou nada"

N. Ferreira***** 13/11/2020 Relatar Quero comentar

Quatro das cinco pessoas que morreram em um acidente na BR-423, na região da cidade Águas Belas, no Agreste de Pernambuco, no domingo (8), eram da mesma família. As vítimas são da cidade de Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador.

Entre os mortos no acidente estão duas crianças – uma de dois anos de idade e um bebê de 3 meses. As outras duas vítimas são um homem, pai das crianças, e a avó. Os nomes deles não foram divulgados.

A mãe das duas crianças mortas, uma jovem de 24 anos, ficou gravemente ferida no acidente e segue internada em estado grave em um hospital pernambucano, nesta terça-feira (10).

A jovem foi identificada como Ayane Pergentino Ramalho. Ela sofreu politraumatismo e passou por uma neurocirurgia.

Abalada, a família das vítimas em Feira de Santana não quis dar entrevista, mas informou que eles voltavam de uma viagem à Paraíba.

O sepultamento deles será realizado na tarde desta terça-feira, no Cemitério Celestial, em Feira de Santana. O velório aconteceu durante toda a manhã.

Batida

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) ainda não sabe o que causou o acidente. Os dois veículos bateram de frente na região da rodovia que fica entre as cidades de Águas Belas (PE) e Ouro Branco (AL). A batida foi tão violenta, que os carros foram destruídos e destroços ficaram espalhados pela pista.

A quinta vítima que morreu estava no outro veículo. É uma mulher, que não teve nome e idade divulgados. Ela chegou a ser transferida para um hospital de Águas Belas, mas não resistiu aos ferimentos. Não há informação sobre a cidade onde ela morava.

A mulher estava acompanhada de um homem, que também teve ferimentos e foi transferido para um hospital de Garanhuns. Não há detalhes se ele continua hospitalizado, nem o estado de saúde dele.

Comentário do usuário
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.