Um casal caminhou por 2,000 quilômetros apenas para salvar sua cadelinha, que havia sido roubado de casa: "é minha única oportunidades"

Beatriz 05/01/2021 Relatar Quero comentar

Olá pessoal. Siga para saber todas as notícias de animais e muito mais em primeira mão! Se gostou das notícias, não esquece de compartilhar com seu amigos.

“O único amigo desinteressado que um homem pode ter neste mundo egoísta, aquele que nunca o abandona, o único que nunca mostra ingratidão ou traição, é o seu cachorro.” (George Graham Vest)

No início deste ano, o pit bull Titan foi covardemente roubado do quintal da norte-americana Dara Prak, de Houston, no Texas.

Dara tinha plena certeza do furto, uma vez que a área dos fundos da residência não tinha pontos fracos que facilitassem uma fuga.

Além do mais, Titan era um cão muito leal – já havia tido diversas oportunidades de fugir, mas nem sequer considerava o ato.

Naquele fatídico dia, ela encontrou a coleira de Titan caída no meio do cercado.

Por meses, com o auxílio das autoridades, Dara vasculhou as ruas em busca do pit bull, contou com a ajuda das redes sociais, visitou inúmeros abrigos de animais na esperança de encontrá-lo, sem sucesso.

“Sinceramente, pensei que nunca mais veria meu filho de novo”, escreveu a norte-americana. Então, algo milagroso aconteceu: a dona de Titan recebeu um telefonema dizendo que alguém tinha encontrado o cachorro – no distante estado da Carolina do Sul, 2.000 quilômetros do Texas.

Titan foi encontrado caminhando ao longo de uma estrada na cidade de Bluffton com o corpo terrivelmente machucado. Ninguém sabia como ele havia parado ali, mas ele estava vivo.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
Você pode gostar