PGR reabre inquérito contra Rodrigo Maia

Murilog 02/11/2020 Relatar Quero comentar

PGR reabre inquérito contra Rodrigo Maia

A Procuradora-Geral da República (PGR) decidiu unificar e reabrir duas investigações contra o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

O inquérito corre em sigilo e investiga supostos repasses da empreiteira OAS a Maia. 

Segundo o jornal O Globo, o ministro Edson Fachin (STF) permitiu a petição e determinou o envio dos autos à Polícia Federal.

Um dos inquéritos é sustentado em trocas de mensagens “entre o parlamentar e o ex-presidente da empreiteira, Léo Pinheiro”.

“A Polícia Federal concluiu essa investigação em 2017 e apontou a existência de indícios do crime de corrupção passiva envolvendo Maia, acusando-o de beneficiar a OAS em uma medida provisória em troca do recebimento de doações eleitorais.”

O outro inquérito é relacionado a supostos repasses de caixa dois da OAS ao presidente da Câmara.

Em depoimento, delatores da empresa chegaram a fazer esses apontamentos. No ano passado, eles relataram à Procuradoria-Geral da República repasses de R$ 125 milhões em propina e ‘caixa 2’ a 21 políticos de oito partidos entre 2010 e 2014. Entre os citados estão Rodrigo Maia.

Comentário do usuário
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.