Mais de 4 milhões de postagens sobre Paulo Gustavo no Twitter em 24 horas

New York Times 06/05/2021 Relatar Quero comentar

Nas 24 horas seguintes ao anúncio da morte a Paulo Gustavo, que nos deixou ontem após complicações causadas pela Covid-19, movimentou o Twitter. Segundo a consultoria Arquimedes, que monitora as redes sociais, foram mais de 4 milhões de postagens a respeito do ator e comediante, referência na nossa arte.

Esse número chama atenção se comparado a estrelas mundiais. O adeus a Maradona, ídolo do futebol argentino, gerou 8,8 milhões de postagens no mesmo período, enquanto os pesares pelo ator Chadwick Boseman, que interpretou o Pantera Negra no cinema, alcançaram 17,1 milhões de menções, eles que são figuras públicas internacionais.

Paulo Gustavo morreu às 21h12 de terça-feira e Segundo boletim médico a equipe já havia publicado nota afirmando que a saúde do humorista estava se "deteriorando de forma importante" e que "apesar da irreversibilidade do quadro", ele ainda tinha "sinais vitais presentes", por esse motivo toda equipe médica trabalhava para a recuperação do ator.

Paulo Gustavo foi hospitalizado em 13 de março em um hospital na Zona Sul do Rio de Janeiro. Após algumas semanas internado, seu estado de saúde se agravou e ele precisou ser intubado para receber ventilação mecânica invasiva. Durante os mais de 50 dias de internação do ator, a família compartilhou o dia a dia do tratamento e fez pedidos de oração.

Paulo deixa o marido, o dermatologista Thales Bretas, e seus dois filhos gêmeos, Gael e Romeu, que têm um ano de idade. O corpo do ator e humorista Paulo Gustavo será cremado nesta quinta-feira (6) em uma  cerimônia restrita à família e a amigos próximos. A informação é da assessoria de imprensa do ator, que não divulgou o local, nem o horário para “evitar aglomerações neste período de pandemia”. Também não foi informado se haverá velório.

Comentário do usuário