Aumento de casos no Brasil pode criar Mutação resistente a vacinas.

iggor_25 17/03/2021 Relatar Quero comentar

Aumento de casos no Brasil pode criar Mutação resistente a vacinas.

  Na última semana, o Brasil se tornou o epicentro da pandemia de covid-19 no mundo. Agora especialistas e pesquisadores temem que a alta taxa de infecção da doença e os baixos índices de vacinação transformem o país em uma espécie de criadouro de novas variantes. Essas mutações poderiam ser resistentes, inclusive, às vacinas já aplicadas por aqui. 

  Para o virologista e pesquisador do Laboratório de Virologia, do Instituto de Medicina Tropical, da Faculdade de Medicina da USP (IMT/FMUSP), José Eduardo Levi, a situação que merece atenção é o surgimento de mutações a partir da cepa amazônica. “Se a taxa de infecção for mantida com 80 mil novos infectados por dia, sendo 80% dos casos da P.1 (como é chamada a variante brasileira), pelo menos em São Paulo e Santa Catarina onde já produzimos dados, a chance do vírus surgido no Amazonas virar outra coisa é muito alta”, diz o biólogo.

  No Brasil, os imunizantes usados são a CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan, e a Oxford, feita pela Fiocruz. Ambas são eficazes contra a cepa do Amazonas.  

  O médico Guilherme Furtado, líder da infectologia do HCor (Hospital do Coração), em São Paulo, lembra que a mutação brasileira apresenta escape ao sistema imunológico e as reinfecções são uma realidade que também contribuem para o quase colapso da saúde. “A maior transmissibilidade da mutação do Amazonas e a possibilidade de reinfecção, que vemos com tanta frequência nos pacientes internados, está lotando os hospitais”, afirma o infectologista.

  De acordo com dados da OMS (Organização Mundial da Saúde), referentes à primeira semana de março, o mundo apresentou uma queda de 6% de mortes, 60 mil mortos ao todo; já o Brasil, ao contrário, teve um aumento de 23%, 9,9 mil óbitos no período. Foram 500 mil novos casos aqui, 21 mil a mais que os Estados Unidos, segundo na lista.

Comentário do usuário