Mãe enterra a filha de 10 anos viva por ela ter acusado o padrasto de estupro

Humberto 03/06/2021 Relatar Quero comentar

Este caso chocou todas as pessoas no Brasil pela tamanha brutalidade, uma mulher de 29 anos, recebeu a reclamação de sua filha de 10 anos sobre seu padrasto, segundo a criança o mesmo teria abusado sexualmente dela, uma acusação gravíssima em um caso de pedofilia.

Contudo oque de normal seria era a mãe da criança encaminhar a filha a delegacia para depor as autoridades oque havia acontecido, porém de forma assustadora e monstruosa, a mulher ficou revoltada com a filha e decidiu matar a própria filha, a enterrando viva, o caso aconteceu em Brasilândia, Mato Grosso do Sul.

Portanto a mulher ligou as autoridades para pedir socorro, dizendo que sua filha havia sumido quando ela a deixou brincando em uma praça perto do local, mas evidências levantaram suspeitas da autoridade, que ouviu os envolvidos muitas vezes e fez uma descoberta muito triste.

A mulher confessou que a filha tinha acusado o pai por estupro, e então decidiu matar ela, alegando que a mesma estaria mentindo, por incrível que pareça, foi descoberto ainda que ela obrigou o irmão da vítima de 13, anos a ajudá-la no crime, que chocou o país inteiro.

O menino confessou ainda a polícia que eles abriram um buraco, onde colocaram a menina e depois jogaram terra em cima, ele disse que sua irmã gritava por socorro enquanto eles cobriam o buraco de terra, a mãe da menina ainda disse que foi muitas vezes confirmar se a menina estava morta.

Entretanto nem mesmo as autoridades acreditavam no que ouviam, e todos ficaram chocados, revelado então o local que a menina havia sido enterrada, as autoridades foram até lá e realmente confirmaram toda a versão, achando o corpo da menina de cabeça para baixo, e comprovaram a morte por asfixia.

Comentário do usuário