Mãe é presa ao oferecer filha de 12 anos para ter relações íntimas com 3 homens em troca de drogas, menina estava há dias sem comer

Melhores notícias 03/02/2021 Relatar Quero comentar

Um caso absurdo que comoveu até mesmo os agentes de segurança de São José dos Pinhais, que fica localizada na Região Metropolitana de Curitiba, capital do Paraná, na noite desta última terça-feira (2).

Segundo a Guarda Municipal de São José dos Pinhais, a mulher foi presa em uma região onde os usuários drogas costumam frequentar. Eles haviam recebido uma denúncia por danos ao patrimônio público, mas ao chegarem no local perceberam que havia algo depredado e resolveram procurar pelos responsáveis, quando chegaram na região onde ficam os usuários ficam notaram que havia uma barraca improvisada com lona.

Uma mulher que estava na porta deste local ficou muito nervosa com a chegada da Guarda Municipal que desconfiou que havia algo de errado acontecendo.

Quando foram verificar o dentro do barraca improvisada encontraram uma criança sentada na genitália de um homem, com a perna em cima de outro, enquanto um terceiro fazia uso de bebida alcoólica.

O secretário de Segurança Pública Ricardo Kusch revelou que a “cena era de chorar”. A menina estava em total desespero quando foi acolhida pelos guardas municipais. A mulher que estava no local afirmou que era mãe da menina e afirmou que tinha ido até o local para buscar comida.

Mas ao chegar na delegacia mudou sua versão e afirmou que levou a filha para manter relações com os homens em troca de drogas e dinheiro, pois é usuária.

A mãe demorou para revelar a idade da menina mas enfim disse que ela tem 12 anos. Ainda segundo o secretário de segurança, a menina se sentia culpada, falava que tudo que estava acontecendo era culpa dela, um comportamento típico de vítimas de violência [email protected]

A menina foi levada para o Hospital Pequeno Príncipe onde passará por uma bateria de exames e começar a tomar medicamentos para doenças [email protected] transmissíveis. A mulher de 37 anos e os três homens foram presos em flagrante.

Segundo os guardas municipais a criança confessou que estava há dois dias sem comer nada, como forma de agradecimento por ter sido alimentada e cuidada com carinho, ela fez um desenho de uma flor e deu à um dos agentes.

Via: 

Comentário do usuário
Você pode gostar