23 corpos já foram resgatados em Brumadinho com ajuda de cachorros farejadores

Beatriz 13/03/2020 07:53 Relatar

Desde o primeiro dia de resgate, uma força de trabalho chama atenção em meio ao cenário caudaloso do desastre em Brumadinho: são os cães farejadores. Em apoio ao trabalho dos bombeiros em solo, eles já ajudaram no resgate de 23 corpos.

O tenente Abel Senhorinho Ferreira, do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, em entrevista ao G1, destacou que 15 cães trabalham desde o primeiro dia de buscas, mas dois estão afastados por questões de saúde.

Eles atuam em esquema de revezamento, por até duas horas e meia, em cada turno das buscas. Além do revezamento, os bombeiros levam em conta a condição física do animal para que não haja estafa física dos animais.

Com o passar dos dias de buscas, a participação dos cães fica ainda mais importante, ressaltou o oficial do Corpo de Bombeiros. Como toda área atingida já foi percorrida, a busca superficial diminui a efetividade.

Especificamente no trabalho na lama, as buscas são mais difíceis para os cães do que para seres humanos, aponta o tenente Abel. Ele contou que pelas patas terem superfície menores que os pés humanos, os cães afundam com mais facilidade. Em dias de chuva, como o da manhã desta quarta-feira (6), a atuação dos cães fica prejudicada e eles só são levados para lugares mais firmes.

Equipe deve ser reforçada

Além dos 15 cães que atualmente trabalham em Brumadinho, os bombeiros devem receber mais reforços nos próximos dias. São esperados quatro cães de Brasília, dois do Rio Grande do Sul, além de animais do Ceará e Pernambuco.

Sobre a escolha dos animais para os trabalhos de buscas, algumas raças são mais adaptadas para encontrarem corpos. Pastores, labradores e retrievers são mais comumente usadas, por responderem melhor aos estímulos de treinamento. Outras capacidades avaliadas são a área olfativa e a mobilidade do animal.

Parte do conteúdo do artigo é proveniente da Internet. Se seus direitos de privacidade forem violados, o site será processado o mais rápido possível. Relatar
Artigos recomendados

©2020 didiadidia.com. All Rights Reserved. Sobre nós Política e segurança Termos Privacidade Direitos autorais

Isenção de responsabilidade:Este site opera enviando artigos em tempo real e não assume nenhuma responsabilidade legal pela autenticidade, integridade e posição de todos os artigos. O conteúdo de todos os artigos representa apenas as opiniões pessoais do autor e não é a posição deste Site. Os usuários devem julgar a autenticidade do conteúdo. O autor possui os direitos autorais do artigo publicado neste site. Como este site é restrito pelo modo de operação "publicação em tempo real", não podemos monitorar completamente todos os artigos. Se os leitores encontrarem problemas, entre em contato conosco. Este site tem o direito de excluir qualquer conteúdo e recusar qualquer pessoa a publicar artigos neste site e também o direito de não excluir o artigo.Não escreva palavrões, calúnia, violência pornográfica ou ataques pessoais, seja disciplinado. Este site reserva todos os direitos legais.
TOP
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.