Taís Araújo: 'Brasileiro aplaude doações da Beyoncé, mas critica da Xuxa'

Amélia 14/05/2020 03:58 Relatar

Taís Araújo participou do Saia Justa de ontem, na GNT, para falar de solidariedade em tempos de pandemia do coronavírus. A atriz, que doou o cachê recebido por participar de uma campanha que arrecadou R$ 1 milhão para ajudar várias mães em condições precárias nas favelas, disse que não é da cultura do brasileiro valorizar celebridades nacionais que fazem doações.

"Nós sabemos o quanto de dinheiro o Bill Gates doou [para o combate à Covid-19]. Sabemos o quanto a Rihanna e a Beyoncé doaram e as aplaudimos por isso. Mas, quando a Xuxa doa, por exemplo, as pessoas criticam e falam que o valor é pouco. Isso é muito da cultura brasileira", disse a protagonista da novela "Amor de Mãe".

Em abril, Taís doou o cachê que recebeu por participar de uma campanha publicitária, a #LeveASerio, promovida pelo BV (ex-Banco Votorantim). O valor do cachê não foi divulgado e a ação arrecadou a quantia de R$ 1 milhão, que foi destinada à Cufa (Central Única de Favelas), entidade que atende cinco mil favelas em todo o Brasil.

"Eu fiquei muito na dúvida se falava o quanto eu tinha doado e o que eu tinha feito na campanha", revelou a global na conversa. "Isso de não querer dizer o quanto doou é muito por causa da cultura brasileira, pois alguém vai falar que é pouco, e nesse momento não tem muito e não tem pouco; toda doação é importante e não pode existir esse juízo de valores", completa.

Sobre a quantia levantada na campanha, Taís explica: "O dinheiro que eu doei não foi esse montante, não. O banco dobrou o valor do meu cachê e colocou mais um dinheiro que acabou virando esse total. Quem dera eu pudesse doar R$ 1 milhão, pois ficaria felicíssima".

Astrid Fontenelle, apresentadora do programa, aproveitou para atualizar em dados o sucesso da campanha: "Já foram arrecadados R$ 10 milhões. Em números de hoje, 90 mil mães foram atendidas com o auxílio batizado de "vale-mãe", no valor de R$ 120, e 477 mil famílias receberam cestas básicas. Ao todo, o programa entregou mais de 60 milhões em dinheiro e em cestas básicas, gerando impacto em quase 2 milhões de pessoas".

Taís concluiu dizendo que valeu muito à pena ter participado da campanha: "Fiquei muito feliz de conseguir movimentar esse valor. Eu não fiz isso para aparecer, e sim para incentivar outros a fazerem também".

Parte do conteúdo do artigo é proveniente da Internet. Se seus direitos de privacidade forem violados, o site será processado o mais rápido possível. Relatar
Artigos recomendados

©2020 didiadidia.com. All Rights Reserved. Sobre nós Política e segurança Termos Privacidade Direitos autorais

Isenção de responsabilidade:Este site opera enviando artigos em tempo real e não assume nenhuma responsabilidade legal pela autenticidade, integridade e posição de todos os artigos. O conteúdo de todos os artigos representa apenas as opiniões pessoais do autor e não é a posição deste Site. Os usuários devem julgar a autenticidade do conteúdo. O autor possui os direitos autorais do artigo publicado neste site. Como este site é restrito pelo modo de operação "publicação em tempo real", não podemos monitorar completamente todos os artigos. Se os leitores encontrarem problemas, entre em contato conosco. Este site tem o direito de excluir qualquer conteúdo e recusar qualquer pessoa a publicar artigos neste site e também o direito de não excluir o artigo.Não escreva palavrões, calúnia, violência pornográfica ou ataques pessoais, seja disciplinado. Este site reserva todos os direitos legais.
TOP
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.