Bolsonaro é golpista com política genocida para pandemia, diz Marina Silva

RAMONN 01/04/2021 Relatar Quero comentar

Bolsonaro é golpista com política genocida para pandemia, diz Marina Silva A ex-ministra Marina Silva afirma que Jair Bolsonaro é o pior presidente da história do país e comete crimes de lesa-pátria e humanidade Imagem: Lucas Lima/UOL Camila Brandalise De Universa 01/04/2021 04h00 Marina Silva está sumida? A mulher que mais concorreu à Presidência do Brasil, em 2010, 2014 e 2018, ex-senadora e ex-ministra do Meio Ambiente, é alvo frequente de críticas por falta de posicionamento. Nas últimas eleições, foi comparada nas redes sociais à Copa do Mundo, "por só aparecer de quatro em quatro anos". É engraçado para você? Para ela, é machismo.... - 

Bolsonaro é golpista com política genocida para pandemia, diz Marina Silva

A ex-ministra Marina Silva afirma que Jair Bolsonaro é o pior presidente da história do país e comete crimes de lesa-pátria e humanidadeImagem: Lucas Lima/UOL

Camila Brandalise

De Universa

01/04/2021 04h00

Marina Silva está sumida?

A mulher que mais concorreu à Presidência do Brasil, em 2010, 2014 e 2018, , é alvo frequente de críticas por falta de posicionamento. Nas últimas eleições, foi comparada nas redes sociais à Copa do Mundo, "por só aparecer de quatro em quatro anos". É engraçado para você? Para ela, é machismo.

"Essa é uma forma de anular minha existência e é mais fácil fazer isso com uma mulher. Não vejo ninguém dizendo o mesmo do Geraldo Alckmin [PSDB], do José Serra [PSDB] e do Gilberto Kassab [PSD]. Eu me posiciono diariamente", diz Marina, 63, a  Universa, por telefone, de seu apartamento em Brasília. "Na campanha passada, fiquei exausta de ter que o tempo todo ficar provando que era capaz. Sofri uma cobrança que não é feita aos homens. Até sobre aspectos físicos."

Na corrida eleitoral de 2018, . E, entre outras coisas, ouviu do capitão reformado: "Temos aqui uma evangélica que defende o plebiscito para o aborto e para a maconha. Você não sabe o que é uma mulher, Marina, com um filho jogado no mundo das drogas".

Ela, que à época disse não considerar  (sem partido) um inimigo, hoje afirma que o presidente se "revela o pior dos piores de toda a história do Brasil". E que sua política de governo é "autoritária e genocida".

Na entrevista a  Universa, a articuladora e coordenadora de formação política de seu partido, a Rede Sustentabilidade,também conta que  lhe traz "memórias difíceis".

Nascida em um seringal no Acre, Marina perdeu duas irmãs, um tio e um primo numa epidemia de  e malária no fim dos anos 1960, e a mãe, de 36 anos, por suspeita de meningite, o que impediu a família de se despedir dela. "Hoje, . São realidades parecidas."

Comentário do usuário