Mistério: cientista que trabalhava no desenvolvimento da vacina contra a Covid-19 é encontrado morto

Notícias Virais 22/12/2020 Relatar Quero comentar

A morte de um renomado cientista que trabalhava no desenvolvimento de uma das vacinas para combater a Covid-19 está envolta em muito mistério.

A notícia de quem o pesquisador Alexander Kagansky, 45 anos, foi encontrado sem vida após supostamente cair do 14º andar de um prédio abalou a comunidade científica da Rússia.

O caso aconteceu no último sábado (14), ele morava na cidade de São Petersburgo e estava empenhado em seu trabalho para descobrir um imunizante para o novo coronavírus.

O que realmente aconteceu com Alexander Kagansky? Esta é uma pergunta que não quer se calar. Segundo informações da polícia local o corpo de Alexander Kagansky, foi encontrado com marcas de golpes de faca, ele estava apenas com as roupas íntimas. A polícia trata o caso como homicídio.

De acordo com o jornal ‘Moscou Times’, um amigo de infância de Alexander Kagansky, se tornou o principal suspeito de ter cometido o crime, ele chegou a ser preso, nesta segunda-feira (21), mas foi liberado após prestar depoimento, por falta de provas que o ligue ao assassinato.

Ainda segundo o jornal o suspeito alegou para polícia que estava com Alexander Kagansky, no local e que o próprio cientista teria se esfaqueado e saltado do prédio.

A polícia continua investigando o caso, o cientista era diretor do Centro de Medicina Genômica e Regenerativa da Far Eastern Federal University, na Rússia.

O governo russo não se pronunciou sobre o caso.

Comentário do usuário
Você pode gostar