Pai de Henry chora muito e detona ex-esposa, Monique, após prisão: ‘Como pode uma mãe apoiar um negócio desses?’

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Beatriz 09/04/2021 Relatar Quero comentar

Olá pessoal.

Siga para saber todas as notícias e muito mais em primeira mão! Se gostou das notícias, não esquece de compartilhar com seu amigos.

"Como pode uma mãe apoiar um negócio desses?", questionou, nesta quinta-feira, 08, após a detenção de Monique e Jairinho.

Nesta quinta-feira, 08, o médico e vereador Dr. Jairinho e sua namorada, Monique Medeiros, foram temporariamente presos pela Polícia Civil do Rio de Janeiro, acusados de interferir nas investigações da m0rte do pequeno Henry, de 4 anos, segundo o G1.

Leniel Borel, pai do menino Henry Borel Medeiros de 4 anos, expôs sua opinião sobre a prisão da mãe de seu filho Monique Medeiros da Costa e Silva e do padrasto da criança, Dr. Jairinho, vereador no Rio de Janeiro.

Bastante emocionado, chorando compulsivamente, Leniel desabafou, e disse estar “perplexo” com o que aconteceu com seu filho.

Com lágrimas nos olhos, o pai de Henry acusou sua ex-mulher de ter mentido o tempo todo.

“Como pode uma mãe apoiar um negócio desses?”, questionou Leniel. Horas antes de saber da prisão dos acusados, Leniel fez uma publicação em suas redes sociais sobre o caso.

De acordo com o EXTRA, em seu Instagram, o pai de Henry falou sobre os 30 dias de pesadelo que viveu após a m0rte de seu filho, ele escreveu no post que jamais vai esquecer do último final de semana que passou ao lado do menino, do último abraço que pôde dar em Henry.

“Deixar você bem, cheio de vida, com todos os sonhos e vontades de uma criança inocente”, diz um trecho da mensagem.

O post compartilhado em seu Instagram emocionou quem segue Leniel, o desabafo de um pai com o coração dilacerado com a perda do filho.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário