“Criança não Namora, nem de Brincadeira”, diz Marcos Mion

Todos nós, em algum momento da infância, já ouvimos perguntas do tipo:de algum adulto.

Talvez também tenhamos o costume de perguntar isso às  . A verdade é que pode parecer muito natural para muitos de nós, mas nem todos compartilham da mesma opinião.

Para o apresentador  , não devemos abordar o tema “namoro” com as crianças, nem de brincadeira.

Ele acredita que esse tipo de comentário é realmente prejudicial para os pequenos e apenas atrapalha o aproveitamento da sua infância de maneira certa.

472KCOMPART.

Todos nós, em algum momento da infância, já ouvimos perguntas do tipo:de algum adulto.

Talvez também tenhamos o costume de perguntar isso às  . A verdade é que pode parecer muito natural para muitos de nós, mas nem todos compartilham da mesma opinião.

Para o apresentador  , não devemos abordar o tema “namoro” com as crianças, nem de brincadeira.

Ele acredita que esse tipo de comentário é realmente prejudicial para os pequenos e apenas atrapalha o aproveitamento da sua infância de maneira certa.

Em sua coluna Pai Nível , na Revista Crescer, Marcos Mion, que tem três crianças, falou sobre o “namoro infantil”, um tema bastante polêmico, visto como natural por algumas pessoas, mas como realmente perigoso por outras.

Em uma parte de seu texto, Mion diz: 

Ele acredita que as pessoas que incentivam as crianças a namorar não têm noção do prejuízo que estão causando a elas: 

O apresentador diz ainda acreditar que apenas uma pequena e rápida   já mostraria aos adultos quão errada é essa necessidade de despertar interesses românticos nas crianças, que deveriam ter outras prioridades:

O que Marcos Mion deixa bem claro é que, para ele, criança tem de ser criança e se ocupar com coisas da sua idade, não com questões tão complexas quanto relacionamentos românticos.

Ele acredita que tudo tem o seu devido tempo e a   deveria ser dedicada a outras prioridades.

Você concorda com ele? Comente abaixo sua opinião!

Comentário do usuário