Impossível não se emocionar com o que Paulo Gusttavo disse antes de ser intubado por causa da Covid-19

Atilanews 05/04/2021 Relatar Quero comentar

Internado desde o dia 13 de março para lutar contra a Covid-19, Paulo Gustavo se despediu do marido, Thales Bretas, antes de ser intubado e ficar sedado em decorrência do tratamento.

A revelação foi feita pelo dermatologista e pela amiga do ator, a diretora Susana Garcia, que concederam depoimentos para o Fantástico falando sobre a esperança de vê-lo recuperado.

- Ele virou e falou: Susana, se eu pudesse agora, eu queria mostrar para os brasileiros, mostrar para todo mundo, o quanto essa doença faz a gente sofrer, o quanto está difícil o que eu estou passando aqui, o quanto é importante as pessoas se cuidarem. Ele falou isso. E antes de ser intubado, ele olhou para o Thales e falou: Te amo. Até já. Ele está agora em uma reta para cura. Ele vai curar, vai sair de lá e fazer a gente rir muito ainda, contou Susana.

Paulo está com um quadro clínico estável e Thales afirmou que acredita na cura do marido:

Nesse momento, a gente está vivendo um período um pouco difícil, né? Com muitos altos e baixos. Quem já passou pela Covid e ficou hospitalizado, sabe como é a doença. É uma doença muito séria. É muito perigosa, sorrateira. O Paulo é um cara super saudável. A gente estava se cuidando muito. Na Páscoa, que é um momento tão especial, eu acredito que esse renascimento está cada vez mais próximo. Então, eu queria encher o coração de vocês de esperança, agradecer todas as orações novamente e dizer que, em breve, nosso amado Paulo Gustavo vai estar de volta.

Na sexta-feira, dia 2, a assessoria de imprensa do ator informou que o estado de saúde dele havia se agravado e Paulo está respirando com a ajuda de ECMO, equipamento que age como um pulmão artificial e oxigena o sangue para fora do corpo.

Susana explicou que a decisão dos médicos em realizar o tratamento aconteceu para que o pulmão de Paulo pudesse se recuperar após uma infecção por uma bactéria, que agravou o quadro já bastante complicado em decorrência da Covid-19.

Comentário do usuário