As professoras fizeram de tudo para salvar as crianças...

Vitória Silva 05/05/2021 Relatar Quero comentar

Entre as vítimas do atentado na manhã do dia 4 em Saudades, no Oeste do estado, está a professora Mirla Renner, de apenas 20 anos. Ela havia completado aniversário em janeiro. Ela trabalha como agente educativa.

A Outra vítima foi a professora Keli Adriane Anieceviski, de 29 anos, também completados em janeiro. Ela trabalhava há 10 anos na creche Pró-Infância Aquarela.

"Ela era uma pessoa alegre, sempre disposta, simpática, carismática sempre, ajudando o próximo quando ela podia. Então, assim, é uma tristeza que eu não sei explicar, eu não tenho explicação para isso", disse Silvane Elfel, prima de Keli, ao G1. As duas tentaram salvar as crianças no momento do atentado, mas infelizmente acabou nesse fim drástico que muitas das famílias das vítimas não vão esquecer.

Comentário do usuário