Ansiedade: como controlar? Veja 10 dicas eficazes

Diário da Diva 12/05/2020 18:47 Relatar

Todos os dias, somos expostos a diversas situações que podem nos deixar ansiosos. A entrevista de emprego, a apresentação de um projeto, uma prova importante ou mesmo a necessidade de falar em público podem causar essa sensação de nervosismo, e isso é normal. Nesses casos pontuais, algumas medidas simples podem reduzir a ansiedade, como controlar a respiração e focar em pensamentos positivos. 

No entanto, há pessoas que sofrem com transtorno de ansiedade, caracterizado pela sensação excessiva de preocupação e medo até diante das situações mais simples do cotidiano. Em momentos de crise, o problema causa sintomas físicos, como respiração irregular, falta de ar, formigamentos, calafrios, suor, desconforto abdominal ou náusea, taquicardia e dor no peito. 

Não é de hoje que esse distúrbio tem estado presente na rotina dos brasileiros. Em 2017, a Organização Mundial da Saúde (OMS) apontou a população do Brasil como a mais ansiosa do mundo, com cerca de 20 milhões de pessoas afetadas. Por isso, o Sempre Bem explica mais sobre essa doença e deixa uma lista com 10 atitudes que podem ajudar no controle da ansiedade. Confira!

O que é ansiedade?

Ansiedade é um estado de apreensão ou medo, em que o indivíduo vivencia desconforto físico e psíquico, angústia e aflição. Na maioria das vezes, ela tem início na infância ou adolescência, mas também há casos em que ela só começa na fase adulta. 

De acordo com publicação da Vittude, “o transtorno de ansiedade generalizada (TAG) é considerado patológico, comprometendo a saúde física e emocional. As preocupações e medos passam a se tornar constantes e irreais, ultrapassando os perigos verdadeiros”.

Se a pessoa se sente ansiosa ao ponto de isso interferir na sua rotina diária e no seu bem-estar, é fundamental realizar consulta com um psicólogo ou psiquiatra.

1. Identificar o problema é o primeiro passo

Esse distúrbio pode ter várias causas: um desafio novo no trabalho, um prazo curto, uma resposta sobre a seleção de emprego, por exemplo. Por isso, a primeira coisa a fazer é identificar as situações que despertam uma crise de ansiedade.

Para isso, é recomendado dedicar um momento para ficar sozinho(a) e avaliar a rotina, atentando-se a observar quais pessoas ou momentos do dia provocam sensação de desconforto ou aflição. Outra coisa que costuma despertar aflição são previsões de mudança no cotidiano. Fique alerta! 

Parte do conteúdo do artigo é proveniente da Internet. Se seus direitos de privacidade forem violados, o site será processado o mais rápido possível. Relatar
Artigos recomendados

©2020 didiadidia.com. All Rights Reserved. Sobre nós Política e segurança Termos Privacidade Direitos autorais

Isenção de responsabilidade:Este site opera enviando artigos em tempo real e não assume nenhuma responsabilidade legal pela autenticidade, integridade e posição de todos os artigos. O conteúdo de todos os artigos representa apenas as opiniões pessoais do autor e não é a posição deste Site. Os usuários devem julgar a autenticidade do conteúdo. O autor possui os direitos autorais do artigo publicado neste site. Como este site é restrito pelo modo de operação "publicação em tempo real", não podemos monitorar completamente todos os artigos. Se os leitores encontrarem problemas, entre em contato conosco. Este site tem o direito de excluir qualquer conteúdo e recusar qualquer pessoa a publicar artigos neste site e também o direito de não excluir o artigo.Não escreva palavrões, calúnia, violência pornográfica ou ataques pessoais, seja disciplinado. Este site reserva todos os direitos legais.
TOP
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.