Por que vacinas dão reação? É verdade que a da AstraZeneca é pior?

NatanSousa 09/07/2021 Relatar Quero comentar

Com o avanço da vacinação contra a covid-19 no país, é esperado que surjam relatos de quem sentiu reações adversas ao imunizante, como mal-estar, febre, dor no corpo, coriza, diarreia, entre outros. Todos esses efeitos passam em poucos dias.

Essas reações leves ou moderadas podem mesmo acontecer, inclusive com qualquer outro tipo de vacina e não só com as que protegem da covid-19. Isso porque as vacinas são medicamentos imunobiológicos, ou seja, derivam de substâncias biológicas —como um vírus, no caso da contra a covid-19—, que atuam no sistema imunológico, responsável por proteger o corpo de doenças.

É esse imunobiológico que vai fazer a função de "apresentar" a fração do vírus ou bactéria para nossas células de defesa, chamadas de linfócitos. Essas células "olham" para esse "ser estranho" e reagem produzindo anticorpos para combatê-lo —e que protegerão o organismo caso ocorra uma infecção no futuro.

E como toda invasão ao organismo, é normal que ocorra uma reação inflamatória, segundo Fátima Rodrigues Fernandes, membro do Departamento Científico de Imunização e 2º vice-presidente da Asbai (Associação Brasileira de Alergia e Imunologia).

"Em alguns indivíduos ela vai passar batido. Em outros, pode gerar sintomas como febre, mal-estar, entre outros. É até positivo saber que a vacina gera algum grau de sintoma, porque você vê que ela realmente está estimulando o sistema imunológico."

Mas isso não quer dizer que quem não tem reação está "desprotegido" ou que a vacina não fez efeito. Essas reações variam muito de acordo com o organismo, não existe uma regra de como os imunizantes vão se comportar em cada indivíduo.

"Depende do tipo de vacina e da resposta individual. Se fosse só depender da vacina, todo mundo teria alguma reação. Mas como nosso corpo é muito individualizado, os efeitos ocorrem de maneira diferente em cada pessoa", diz Flávia Bravo, pediatra e diretora da SBIm (Sociedade Brasileira de Imunizações).

Os idosos, por exemplo, possuem o sistema imunológico enfraquecido por causa do envelhecimento natural do corpo. Por isso, podem sentir menos reações adversas.

"A tendência é que o idoso responda pior a todas as vacinas, mas isso não significa que eles não se protegem com essa resposta menor, pelo contrário", afirma Bravo.

Vacina da AstraZeneca pode dar mais reação?

Sim, segundo os especialistas, ela pode causar mais reações do que outros imunizantes —CoronaVac e Pfizer, por exemplo. Mas isso significa que todo mundo vai sentir os efeitos adversos? Não, cada corpo reage de uma forma.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário