Benedita e Marina Silva ganham sala na 1ª universidade negra do Brasil

Amélia 16/10/2020 04:24 Relatar

Depois de terem seus nomes excluídos da lista de personalidades negras da Fundação Cultural Palmares, as ex-ministras Benedita da Silva (PT) e Marina Silva (Rede Sustentabilidade) vão passar a ter seus nomes gravados na Universidade Zumbi dos Palmares, localizada no Bom Retiro, região central da capital paulista. O centro de ensino é a primeira universidade negra da história do país.

A homenagem é uma iniciativa do reitor da universidade, José Vicente, que classifica as duas como "heroínas". Ela ocorre no momento em que ambas sofreram ataques de Sérgio Camargo, presidente da fundação, criada para preservar e promover a herança cultura afrobrasileira.

Vicente explicou que nomear duas salas da instituição de ensino é uma "tentativa simples de repor as coisas ao seu devido lugar e reparar o ato de injustiça feito contra elas". A nomeação das salas está prevista para ocorrer nesta sexta-feira.

Para o reitor, a ação de Camargo é "uma agressão desmedida, uma atitude hostil e injustificada, que, de ponto de vista social, se constituiu como uma violência".

Publicações nas redes sociais

Na última terça-feira (13), Camargo anunciou em seu Twitter que o nome de Marina Silva, ex-senadora (1995 a 2011) e ex-ministra do Meio Ambiente (2003 a 2008), foi excluído da lista sob a justificativa de que "não tem contribuição relevante para a população negra do Brasil".

A ex-senadora classificou a decisão como autoritária, em entrevista à GloboNews. "Você decreta a própria realidade. Todas as pessoas que são excluídas, com certeza não foram excluídas por serem irrelevantes, mas exatamente pela importância das causas que defendiam", avaliou.

Já no caso de Benedita da Silva, ex-ministra da Secretaria Especial do Trabalho e Assistência Social (2003 a 2007) e ex-governadora do Rio de Janeiro (2002 a 2003), a decisão foi tomada, disse Camargo, porque ela "responde pelo crime de improbidade administrativa e seus bens foram bloqueados pela Justiça". No mesmo post, publicado no Twitter no dia 30 de setembro, ele sustentou que "o preto, o pobre e o favelado são as maiores vítimas da corrupção".

Em vídeo postado nas redes sociais, a deputada classificou o ato de Camargo como "abuso de poder" e relatou ataques racistas nas redes sociais. Ela afirmou que entrará na Justiça contra os agressores.

'Trabalhos reconhecidos internacionalmente'

Incomodado com as críticas feitas por Camargo, José Vicente ressaltou que mulheres são hostilizadas de todas as formas, além de não ter oportunidades no país. Ele afirmou que Marina e Bendita possuem alta relevância, com seus trabalhos reconhecidos internacionalmente.

A petista foi a primeira negra a ser eleita para o Senado em 1994, ocupando o cargo entre 1995 e 1998, e também a primeira negra vereadora na cidade do Rio de Janeiro, com mandato entre 1983 e 1986. Ela foi vice-governadora do Rio de Janeiro entre 1999 e 2002, e tornou-se governadora em 2002, quando Anthony Garotinho deixou o cargo para disputar a Presidência da República.

Parte do conteúdo do artigo é proveniente da Internet. Se seus direitos de privacidade forem violados, o site será processado o mais rápido possível. Relatar
Artigos recomendados

©2020 didiadidia.com. All Rights Reserved. Sobre nós Política e segurança Termos Privacidade Direitos autorais

Isenção de responsabilidade:Este site opera enviando artigos em tempo real e não assume nenhuma responsabilidade legal pela autenticidade, integridade e posição de todos os artigos. O conteúdo de todos os artigos representa apenas as opiniões pessoais do autor e não é a posição deste Site. Os usuários devem julgar a autenticidade do conteúdo. O autor possui os direitos autorais do artigo publicado neste site. Como este site é restrito pelo modo de operação "publicação em tempo real", não podemos monitorar completamente todos os artigos. Se os leitores encontrarem problemas, entre em contato conosco. Este site tem o direito de excluir qualquer conteúdo e recusar qualquer pessoa a publicar artigos neste site e também o direito de não excluir o artigo.Não escreva palavrões, calúnia, violência pornográfica ou ataques pessoais, seja disciplinado. Este site reserva todos os direitos legais.
TOP
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.