Atenção: Vídeo mostra homem que executou a vizinha e em seguida pulou de um prédio.

todamidiadigital 16/04/2021 Relatar Quero comentar

Neste último século a violência vem crescendo de forma desordenada no Brasil e no mundo. Esse fato é uma preocupação mundial da atualidade. As pessoas sentem medo, medo de serem agredidas nas ruas, mas principalmente por falta de segurança, tudo isso contribui para que as pessoas tenham medo até mesmo de sair para realizar as suas tarefas. Vemos noticiários de violência diariamente, dessa vez foi uma mulher de 32 anos que foi brutalmente assassinada pelo seu próprio vizinho na cidade de São Vicente, região Metropolitana da Baixada Santista, SP.

Logo após ter realizado tal crueldade, o criminoso ateou fogo em seu próprio apartamento e depois tirou a sua própria vida. A polícia ainda não sabe qual foi a causa do homem ter cometido o homicídio e logo em seguida suicídio. Mas a polícia segue investigando para entender esse crime cruel que ceifou duas vidas. A mulher que fora executada se chamava Aline dos Santos Viana e teve os seus últimos segundos de vida sendo registradas por uma câmera de segurança do prédio onde ambos moravam.

As câmeras mostram que a vítima e o autor do crime estavam ambos no elevador que descia para a garagem do edifício. Tudo parecia estar tranquilo, Aline seguia a mesma rótia quase que diariamente, ela saiu do elevador em direção a sua motocicleta e ainda chegou a colocar a chave na ignição, no entanto, ela voltou para buscar alguma coisa que tinha esquecido. Até o momento, as câmeras não mostram nada fora do padrão. Mas logo ela foi surpreendida com socos que foram dados pelo homem, logo em seguida ele a leva para a escada e incêndio, local onde ela foi morta.

O autor de tal barbaridade se chamava Washington Andrade de Jesus, de 37 anos. Depois que executou a vizinha, Washington seguiu para o seu apartamento e lá ele teria colocado fogo no próprio imóvel, e logo após se suicidou pulando da janela do prédio. Por cauda da altura, ele não sobreviveu e acabou chegando a óbito no local.

Aline foi encontrada sem vida pelo seu esposo, que achou estranho o fato da sua moto ainda estar na garagem e estranhou o fato dela não ter chegado em casa, visto que, já havia passado da hora dela ter voltado do seu trabalho. Ainda segundo a polícia, Aline pode ter sofrido algum tipo de violência e isso será investigado, além de investigar qual teria sido o motivo do crime. Segundo relata a família de Aline, ela nunca teria se envolvido ou conversado com o assassino que tirou a sua vida.

Veja o vídeo a seguir:

Comentário do usuário