Whindersson desabafa sobre namoro e depressão: "Minha cabeça tá perturbada demais"

Dany 10/11/2020 Relatar Quero comentar

 teve insônia na madrugada desta terça-feira (9) e, por volta das 5h, resolveu responder a algumas dúvidas de seus seguidores. O humorista contou que não é raro ter dificuldade em dormir, falou de depressão e até de relacionamento -- ele  com a estudante de engenharia .

"Quando eu não tenho [insônia] até acho estranho", disse ele, que ainda citou uma frase que o define: "Disseram que era impossível, ele foi lá e fez".

Whindersson falou também o que acha importante em um relacionamento. "Ficar de boa. Estando de boa, tudo fica de boa. Agora, não estando de boa, aí não está de boa", declarou, de um jeito bem-humorado. Teve quem até convidou o humorista para fugir. "Só fujo com a Maria", respondeu, citando a namorada.

Uma pessoa, que disse tomar remédios há dois anos para depressão, quis saber se o humorista estava curado da doença, que . "Depressão é uma doença. Não tomar remédio para uma doença é como andar com uma ferida aberta por aí, é fácil se contaminar, se afetar. E você toma coisas todos os dias e não sabe, às vezes, que até te fazem mal, por que não tomar uma paradinha que vai ajudar você a se curar? Está tudo certo, irmão, tomar remédio não significa estar mal, significa que você se importa com você", explicou Whindersson.

Ele relatou o que é mais difícil em sua carreira. "Escrevi muitas coisas aqui, mas apaguei, porque às vezes esqueço que tem milhões de pessoas vendo. Mas eu acho que hoje é a parte mais difícil. Eu amei conquistar, ganhar, vencer, crescer, nada disso foi difícil pra mim, eu amei. Mas hoje a minha cabeça está perturbada demais, acho que essa é a parte mais difícil", confessou. Veja abaixo mais respostas de Whindersson aos fãs:

Comentário do usuário
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.