ÁFRICA Forças rebeldes de Tigré ganham território e invadem a região de Afar, na Etiópia

marinho 20/07/2021 Relatar Quero comentar

Exército da Etiópia, que tinha deixado a região no final de junho, foi enviado novamente para dar suporte às forças locais

Por  . 

As forças rebeldes que dominam a região de , na Etiópia, passaram a conquistar território e invadiram a região vizinha de Afar, que faz fronteira ao leste. A invasão ocorreu no sábado, e ainda na segunda-feira (19) persistia o confronto entre os rebeldes e as forças locais, segundo a agência qatari .

“Não estamos interessados em quaisquer ganhos territoriais em Afar, estamos mais interessados em comprometer a capacidade de combate do inimigo”, disse Getachew Reda, porta-voz das forças de Tigré.

Forças rebeldes de Tigré em novembro de 2020 (Foto: TV Tigray)

As forças nacionais chegaram a reconquistar Tigré, mas os rebeldes viraram o jogo e foram ganhando território. No final de junho, eles anunciaram um processo de “limpeza” para retomar integralmente o controle da região e assumiram o comando de Mekelle, a capital regional.

Pouco após a derrota dos militares, o governo da Etiópia decretou um cessar-fogo e deixou Tigré. Os soldados do , que apoia Addis Abeba, também não eram vistos na região desde o cessar-fogo. Agora, com o avanço dos rebeldes rumo a Afar, o exército foi enviado novamente para apoiar às tropas locais.

Tigré é controlada pela TPLF (Frente de Libertação do Povo Tigré), partido político amparado por um grupo paramilitar. A região está  desde novembro, quando disputas eleitorais levaram Addis Abeba a  das instituições locais.

Em meio aos confrontos, Tigré enfrenta uma campanha que gera fome e violência e já deteriorou as condições de vida de cinco milhões de civis

Comentário do usuário