Menina com nanismo é vítima de ataques no TikTok e tem conta banida

Mari... 28/12/2020 Relatar Quero comentar

Menina com nanismo é vítima de ataques no TikTok e tem conta banida

Gisele Rocha e a filha, Luiza Vitória, de oito anos, que teve a conta banida pelo TikTok após ser vítima de ataques preconceituosos na rede social

Rio – Uma menina de oito, com nanismo, teve a conta banida na plataforma TikTok após ser vítima de ataques preconceituosos dos usuários da rede. Isso aconteceu em pleno Natal.

A pequena Luiza Vitória Rocha, que possui um tipo raro de nanismo, o diastrófico, tinha mais de 400 seguidores e sempre postava vídeos de dancinhas na plataforma.

Mas um vídeo da garota dançando viralizou – com mais de duas mil visualizações - e gerou uma onda com centenas de comentários maldosos debochando da condição física da garota

"Assim que ela me mostrou, eu vi que ela chegou a responder alguns falando que estava ficando triste. Tinha gente que pedia para eles pararem, mas 90% eram palavras agressivas", lembra a jornalista Gisele Rocha, 33 anos, mãe de Luiza, moradoras da Chatuba, em Mesquita, Baixada Fluminense.

Ela fez um Boletim de Ocorrência e divulgou nas redes sociais.

"Menor de oito anos é agredida verbalmente, vítima de preconceito por ter uma deficiência "nanismo", na plataforma TikTok. Comentários maldosos e debochados pelo fato de ser deficiente", diz um trecho do documento.

Comentário do usuário
Você pode gostar