Marcada data para o novo ciclo do Auxílio Emergencial em maio com antecipação: Caixa libera cronograma dos pagamentos!

Claudione 13/05/2021 Relatar Quero comentar

Muita atenção: estão marcadas as datas para o novo lote do Auxílio Emergencial em maio. A Caixa Econômica Federal, responsável pelos pagamentos do benefício, disponibilizou os cronogramas completos. 

Se você ainda não sabe quando vai receber, preste atenção! Os valores já começam a ser disponibilizados na próxima semana. Saiba quem recebe primeiro e quando os saques e transferências vão ficar disponíveis. 

Quando começa Auxílio Emergencial 2021 Maio

Vamos direto ao ponto: quando começam os pagamentos do Auxílio Emergencial em maio deste ano? É importante pontuar que estamos falando aqui da segunda parcela do benefício de R$ 150 a R$ 375. 

O início da segunda parcela do Auxílio Emergencial ficou para o dia 16 de maio. É isso mesmo, os pagamentos vão começar em um domingo e vai seguir por mais um mês – até o dia 16 de junho. 

Quem recebe primeiro o Auxílio em maio são os nascidos em janeiro que não recebem o Bolsa Família. O público deste grupo vai começar a receber os valores apenas no dia 18 – a partir do número final de NIS 1. 

Antecipação Auxílio Emergencial Maio

Como muitos esperavam, vai acontecer a antecipação do Auxílio Emergencial em maio. A Caixa Econômica Federal confirmou que vai adiantar os valores em comparação ao cronograma original. 

Na primeira parcela houve uma

antecipação do saque do Auxílio Emergencial e por isso em maio essa realidade se repetiu. Por isso é importante ficar atento às datas que vão demorar um pouco para chegar para alguns beneficiários, mas com alguns dias de antecipação.

Maio – Calendário Auxílio Emergencial 2021

O calendário do Auxílio Emergencial de maio está disponível para todas as modalidades: inscritos na internet (ou CadÚnico) e inscritos pelo Bolsa Família. É importante anotar exatamente a sua data para conseguir ter o dinheiro em mãos rapidamente. 

Confira a seguir como ficou o calendário de maio do Auxílio para quem não é do Bolsa Família:

Comentário do usuário
Você pode gostar