Homem acorda do coma depois de 12 anos e sua mãe ainda estava ao seu lado

Yasmim 31/10/2020 Relatar Quero comentar

Wei Mingyin tinha 63 anos quando seu filho sofreu um grave acidente e ficou em coma. Desse tempo para cá, ela não saiu do seu lado nem por um dia. Até que ele acordou do coma e sorriu. Conheça a história dessa mãe que enfrentou a fome, para cuidar do seu filho.

O poder do cuidado, da dedicação e trabalho diário é impressionante. Mesmo que não esteja se mexendo, uma pessoa em coma pode ter algum traço de consciência. Segundo a Scientific American Brasil (SCIAM), uma pessoa nesse estado tem o cérebro muito danificado, seja por causa de “ferimentos graves, hemorragia cerebral, parada cardíaca ou ataque cardíaco”.

De acordo com a revista científica, “assim que os pacientes abrem os olhos, é dito que ‘despertam’ do coma. Isso não significa, no entanto, que a pessoa esteja consciente”. Porém não foi o que aconteceu com o filho de Wei, pois ele não somente despertou, como também reconheceu a mãe, 12 anos mais velha.

Mãe cuida de filho em coma por 12 anos

Wang Shubao, filho de Wei, sofreu um acidente de carro ainda jovem, com apenas 24 anos. Isso aconteceu na província de Shandong, na China, e deixou Wang paraplégico e inconsciente. Ele entrou em coma e assim permaneceu por 12 anos, até despertar em sua casa.

Enquanto estava em coma, Wei cuidou dele sozinha, pois seu marido já tinha falecido. Ela ficou responsável pela sua saúde e pela manutenção da casa. Com o tratamento do filho, se foram todas as economias da família. Isso fez com que ela acabasse somando uma dívida que corresponde a mais de R$ 65 mil.

Muitas vezes, ela não conseguia trabalhos para fazer em casa e ficava sem dinheiro, até mesmo para comer. Ela passou fome diversas vezes, tendo o apoio pontual da família para os suprimentos mínimos para a sobrevivência.

Sua rotina é realmente pesada, ainda mais para uma mulher com 75 anos. Ela desperta exatamente às 5 horas da manhã, todos os dias. Higieniza Wang e o alimenta. Aproveita para fazer os exercícios para evitar atrofia e escaras. Ela faz isso religiosamente, todos os dias, sem dar o menor sinal de insatisfação.

Foi então que ela entrou, como de costume, no quarto do filho para cuidar e teve uma surpresa maravilhosa: Wang estava acordado, olhando para ela e sorrindo. Apesar de ainda não se mexer, seu filho estava consciente!

Isso foi como um ar fresco na vida de Wei, dando ainda mais forças para ela continuar cuidando do seu filho. Ela diz que “jamais desistiria do meu filho e ainda espero que ele se recupere completamente”. Ainda mais, ela vai cuidar cada vez melhor e afirma que ainda vai ouvir seu filho chamá-la de mãe novamente.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.