Menino de três anos morre após ser enterrado vivo em Turiaçu, no Maranhão; confira

Carlosandre1055 31/12/2020 Relatar Quero comentar

Principais suspeitos são dois irmãos, de 12 e 14 anos de idade, que são primos da vítima. O crime revoltou a população na cidade.

No início da noite desta quarta-feira (30), uma criança morreu após ser enterrado vivo no bairro Canário, em Turiaçu, a cerca de 250 km de São Luís. O menino foi identificado como Mizael e tinha três anos de idade.

De acordo com a polícia, os principais suspeitos são dois irmãos, de 12 e 14 anos de idade, que são primos de Mizael. Mas não está descartado o envolvimento de algum adulto no crime.

*Obs: Na publicação desta reportagem havia a informação de que os suspeitos eram irmãos de Mizael. Posteriormente, a polícia informou que se tratavam de dois irmãos, mas que são primos da vítima. A correção foi feita às 15h21.

Delta Miguel, delegado de Turiaçu, informou que Mizael foi dado como desaparecido durante a tarde e foi encontrado a 200 metros de sua residência em uma cova rasa, ainda vivo. Ele chegou a ser socorrido e levado a um hospital da cidade, mas acabou morrendo. A causa foi asfixia.

Logo após o caso, os moradores da cidade ainda tentaram linchar o suspeito mais velho, que se refugiou na casa de um parente. O outro menor, de 12 anos, já havia sido resgatado pelos policiais.

"A Força Tática e o GOE tiveram trabalho para proteger e fazer a escolta do suspeito até a cidade de Pinheiro, onde fica a delegacia que está investigando o caso", disse o delegado Delta.

Nesta quarta-feira (30), as duas crianças continuam na Delegacia de Pinheiro, onde aguardam a chegada do Conselho Tutelar e também dos pais. Todos serão ouvidos no inquérito que apura o crime e tenta descobrir a motivação para o assassinato da criança.

Comentário do usuário