Indicado por Bolsonaro ao STF nega plágio em dissertação

Amélia 08/10/2020 03:40 Relatar

BRASÍLIA (Reuters) - Indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para uma cadeira de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), o desembargador Kassio Nunes, do Tribunal Regional Federal da Primeira Região (TRF-1), negou nesta quarta-feira em nota que tenha plagiado uma dissertação que consta de seu currículo oficial como magistrado.

"O desembargador Kassio Nunes Marques busca em sua dissertação a autocontenção judicial. O trabalho é diferente do posicionamento do professor Saul Tourinho, defensor do ativismo judicial. Não há, portanto, que se falar de plágio, pois são produções doutrinárias opostas", disse nota enviada pela assessoria do desembargador.

"A coincidência das citações apontadas provavelmente decorra da troca de informações e arquivos relacionados a um dos temas abordados a partir de palestra em seminário que participaram em 2012", completou.

De acordo com a revista CrusoÉ, Nunes teria usado em 2015 trechos idênticos a outro autor, o advogado Saul Tourinho Leal, em uma dissertação apresentada à Universidade Autônoma de Lisboa, de Portugal.

Segundo Nunes, a dissertação foi apresentada já tendo passado pela "melhor ferramenta antiplágio de Portugal" e foi avaliada por esse programa e considerada dentro do padrão exigível pela instituição.

"Vale ressaltar que a titulação acadêmica nunca trouxe nenhuma vantagem financeira para o desembargador, pois não exerceu a docência após a obtenção do título e jamais proferiu nenhuma palestra remunerada, tendo apenas buscado o aperfeiçoamento do exercício da magistratura", acrescenta a nota.

A indicação de Kassio Nunes --que será sabatinado pelo Senado dia 21, após a aposentadoria de Celso de Mello-- tem sido alvo de escrutínio nos últimos dias pela imprensa e até por aliados do presidente. Bolsonaro, contudo, tem defendido o escolhido.

Parte do conteúdo do artigo é proveniente da Internet. Se seus direitos de privacidade forem violados, o site será processado o mais rápido possível. Relatar
Artigos recomendados

©2020 didiadidia.com. All Rights Reserved. Sobre nós Política e segurança Termos Privacidade Direitos autorais

Isenção de responsabilidade:Este site opera enviando artigos em tempo real e não assume nenhuma responsabilidade legal pela autenticidade, integridade e posição de todos os artigos. O conteúdo de todos os artigos representa apenas as opiniões pessoais do autor e não é a posição deste Site. Os usuários devem julgar a autenticidade do conteúdo. O autor possui os direitos autorais do artigo publicado neste site. Como este site é restrito pelo modo de operação "publicação em tempo real", não podemos monitorar completamente todos os artigos. Se os leitores encontrarem problemas, entre em contato conosco. Este site tem o direito de excluir qualquer conteúdo e recusar qualquer pessoa a publicar artigos neste site e também o direito de não excluir o artigo.Não escreva palavrões, calúnia, violência pornográfica ou ataques pessoais, seja disciplinado. Este site reserva todos os direitos legais.
TOP
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.