Biomédica morre vítima de Covid-19, depois de permanecer mais de 20 dias internada em Cuiabá:” Entender a vontade de Deus as vezes dói muito”, lamenta amiga

Jéèssicah 24/04/2021 Relatar Quero comentar

Médica morre vítima de Covid-19

 Desde o inicio da pandemia, já morreram milhares de pessoas, e milhares já se curaram, e milhares continuam a lutar pela vida.

 Infelizmente desde o inicio da pandemia, aproximadamente há pouco mais de um ano, o mundo parou,e nada mais foi o mesmo, mudou se as vidas, aumentou as dificuldades, perdas de emprego, entre outros do mundo da economia.

 Cleide Manrique de 44 anos, biomédica não resistiu, e morreu nesta sexta-feira (23), vítima de coronavírus em Cuiabá. De acordo com as informações, avançadas pelo marido da biomédica, Maycon Lamim, ela teria passado mal no dia trinta do último mês, e procurou atendimento.

 A profissional, tinha testado positivo para a doença, e foi hospitalizada na enfermaria de uma unidade hospitalar de Cuiabá. Já no dia 6 de abril, de acordo com Maycon, ela teve um agravamento no seu estado de saúde, e necessitou de ser transferida para um leito da UTI, onde foi intubada e ficou até a madrugada desta sexta.

  Ele disse ainda, que a mulher havia se formado recentemente, no curso de biomedicina, no qual nem chegou a exercer a profissão, que tanto almejou durante anos. Antes disso, Cleide era muito conhecida na região como fotógrafa.

Duas amigas, usaram as redes sociais para lamentar a perda da biomédica. No qual mencionaram, que era o seu maior sonho, no qual ela não chegou a usufruir. Elas disseram ainda, que Deus a receba no céu que era uma pessoa super divertida, e que agora vai divertir ao lado do pai. Descansa em paz Cleide.

Comentário do usuário