Tragédia: mulher tem morte súbita enquanto amamentava e bebê morre engasgada com leite

Tá na Rede 08/05/2021 Relatar Quero comentar

Uma tragédia assolou uma família na cidade de Corrientes, que fica localizada na Argentina. Uma mulher e sua filha pequena acabaram morrendo depois que a genitora faleceu de forma repentina durante a amamentação, e a criança se engasgou com o leite. O caso aconteceu na última segunda-feira (03/05) e gerou forte comoção e grande repercussão, principalmente no país onde ocorreu. Mariana Ojeda, a vítima, tinha 30 anos. A polícia esteve no local da morte para averiguação.

Após investigações ficou comprovado que não houve violência. A polícia concluiu que a mãe faleceu de morte súbita enquanto a filha, identificada apenas pelo nome de Delfina, foi a óbito após sufocar no seio materno. De acordo com informações do marido de Mariana, a esposa havia reclamado de um zumbido no ouvido no mesmo dia pela manhã. Mais tarde, no trabalho, o homem telefonou para a vítima, mas esta não atendeu.

Um filho do casal, de três anos, atendeu o telefone e contou ao pai que a mulher ainda estava dormindo. Suspeitando de que havia algo errado, o marido de Mariana retornou para casa, onde encontrou a esposa já sem sinais vitais. O viúvo de Mariana desabafou sobre a tristeza da perda da mulher e da filha, e contou estar prestes a submeter o bebê às águas batismais: “No dia 15 de maio íamos batizar Delfina em Itatí, mas o destino não o quis“, disse.

“Minha bebê estava roxa e minha esposa estava fria. Foi horrível“, contou o marido da vítima. Mariana tinha uma filha de 11 anos, fruto de outro casamento, mas a menina não estava em casa no momento da morte da mãe.

Comentário do usuário