Mães são presas após amarrarem os filhos a cadeiras de praia para passear

As mais clicadas do dia 05/01/2021 Relatar Quero comentar

Uma cena completamente inusitada deixou diversos banhistas no litoral do Rio Grande do Sul revoltados com o que viram. Duas crianças, uma menina de 7 anos e um menino de 8 anos foram encontradas amarradas em cadeiras de praia debaixo de sol quente e sem um nenhum guarda sol. As crianças estavam naquela situação há cerca de uma hora.

Os banhistas revoltados acionaram a polícia para que pudessem tomar uma providência em relação àquela situação. As crianças estavam chorando. De acordo com a Brigada Militar as mulheres usaram um corda que é semelhante às usadas para fazer varal de roupas. Os policiais e uma multidão de banhistas revoltados esperaram algum responsável retornar ao local. Assim que as mulheres retornarem ao local, elas foram presas por maus-tratos aos filhos.

Ao serem questionadas do motivo que levaram elas e deixarem os filhos amarrados debaixo do sol, elas disseram que deixaram as crianças amarradas porque uma estava tomando um banho de mar e a outra foi ao centro fazer compras. O motivo deixou os banhista ainda mais revoltados com as mulheres.

“Amarrar uma criança para você se divertir, você amarra ela no sol e deixa ela sem água sem nada! É um absurdo isso”, comentou um banhista que testemunhou a cena durante entrevista que deu ao Jornal da Record para relatar tudo o que tinha visto naquela tarde do dia 1 de janeiro

Elas foram encaminhadas para a delegacia e um boletim de ocorrência foi lavrado. Após isso elas foram liberadas mas as crianças foram sob os cuidados do conselho tutelar. Infelizmente, casos de negligência e abuso tem se tornado uma constante em nosso país e por sorte este caso não terminou em nenhuma tragédia.

Comentário do usuário
Você pode gostar