VÍDEO: Pessoas pisoteiam corpo para saquear carga em acidente

Foca nos famosos 14/11/2020 Relatar Quero comentar

É muito comum ouvirmos diversas manifestações de pessoas afirmando que são nos momentos de tragédia que o melhor do ser humano floresce. E de fato, presenciamos belos  momentos em situações críticas. Sempre que o mundo e o Brasil é acometido com algum tipo de desastre natural pessoas se disponibilizam para ajudar o próximo.

Mas infelizmente, não podemos afirmar que este seja um comportamento que ocorrerá em todas as situações. Um acidente ocorrido por volta das 16 horas desta quarta-feira(11) na BR-277 próximo à cidade de Laranjeiras do Sul é a prova que nem sempre o melhor do ser humano floresce em meio à tragédia. O acidente que foi uma colisão frontal entre um caminhão e uma van teve uma vítima fatal e ocorreu em uma região de um aldeamento indígena.

A Polícia Rodoviária Federal foi acionada para atender a ocorrência e ai chegar ao local do acidente se deparou com a tentativa de início do saque da carga do caminhão. Porém, mesmo com a chegada da PRF um grande grupo de pessoas que pertencem ao aldeamento tentava arrombar a porta do compartimento de carga. Nas imagens(vídeo abaixo), é possível ver as tentativas de arrombamento mesmo contrariando as ordens policiais.

Em determinado momento os policiais, que era uma minoria em relação ao grupo que se formou, desistiram de impedir a tentativa de saque. O mais triste de toda a situação é que o corpo da vítima fatal estava próximo à porta do compartimento de carga do caminhão e em meio ao saque o grupo de saqueadores pisotearam a vítima em meio ao roubo da carga.

Por causa da grande número de saqueadores a polícia teve que esperar reforços para conter o roubo da carga. Um dos policias que atendia a ocorrência chegou a levar uma pedrada na cabeça e precisou ser atendido pelos médicos da concessionária da rodovia. Com o reforço policiais, algumas dessas pessoas foram presas.

Comentário do usuário
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.