Caixa Tem: Não conseguiu atualizar cadastro? Saiba o que acontece

Claudione 01/04/2021 Relatar Quero comentar

O período para a atualização cadastral do   já está em em vigência. A Caixa Econômica Federal liberou para os beneficiários a opção de incluírem mais dados na plataforma da Instituição. A atualização teve início do dia 14 de março e seguirá até o dia 31 deste mês.

O aplicativo foi criado em 2020, especificamente para o pagamento do auxílio emergencial. No entanto, desde que o aplicativo foi disponibilizado, o governo vem incluindo vários outros benefícios, também, acessados através da plataforma, como o  .

A atualização não é obrigatória, porém, o banco afirma que com a inclusão dos dados solicitados poderá garantir mais segurança ao cliente. Ainda, além de obter mais segurança. ao iniciar o procedimento, o usuário deve aderir um novo termo, chamado de “Cliente Top”.

Na prática, o cliente confirma que concorda com os termos de adesão e seleciona a opção “Quero ser um Cliente Top”. Segundo informações, esta nova opção liberará uma gama maior de serviços, como o microcrédito a partir de R$ 100 e seguro de vida a partir de R$ 20.

Quem não atualizar perde o auxílio?

A Caixa é responsável somente pelo repasse do pagamento das parcelas do auxílio emergencial. Ou seja, ela não pode excluir ou incluir nenhum beneficiário, nem selecionar quais são os cidadãos que se encaixam nos novos critérios do programa. Portanto, quem não fizer a atualização cadastral não será prejudicado e poderá receber o auxílio emergencial sem empecilhos.

Atualizar ou deixar de atualizar o cadastro no aplicativo Caixa Tem só envolve as funcionalidades da Instituição, que informa que o procedimento trará mais segurança e vantagens aos clientes que sempre estão movimentando seu saldo pela plataforma.

Comentário do usuário